EDITAL N° 001/2005

 

CONCURSO PÚBLICO PARA AUXILIARES, OPERACIONAIS, TÉCNICOS DE NÍVEL MÉDIO E PARA NÍVEL SUPERIOR.

 

O Instituto de Tecnologia do Paraná (TECPAR), empresa pública estadual, através do seu Diretor Presidente, no uso de suas atribuições legais, considerando as autorizações governamentais exaradas nos protocolados sob N° 5724.778-9, em 08 de outubro de 2004 e 8.134.607-0, em 18 de novembro de 2004, torna público o presente Edital, que estabelece as instruções para a realização de Concurso Público, para o provimento de 190 vagas nos cargos de: Auxiliares, Operacionais, Técnicos de Nível Médio e de Nível Superior, nas áreas e subáreas indicadas a seguir, para preenchimento gradual das vagas do Instituto, cuja seleção reger-se-á pelas regras estabelecidas neste Edital e será executada pela Coordenadoria de Processos Seletivos (COPS) da Universidade Estadual de Londrina (UEL).

 

01. DAS VAGAS:

 

01.1. CARGOS DE AUXILIARES.

 

Área

Subárea

Vagas

Referência

vaga

01. Auxiliar de Biotério

01.1. Biotério

46

DPR001

02. Auxiliar Administrativo

02.1. Manutenção industrial e laboratorial

01

DAD014

02.2. Controle de frota de veículos e serviços gerais

01

DAD018

03. Auxiliar de Laboratório

03.1. Análises químicas

02

DTE004

03.2. Análises químicas e microbiológicas

01

DTE005

03.3. Toxicologia

01

DTE016

04. Auxiliar de Produção

04.1. Produção de vacinas

09

DPR002

04.2. Fermentação e cultivo celular

05

DPR003

 

01.2. CARGOS DE OPERACIONAIS.

 

Área

Subárea

Vagas

Referência

Vaga

01. Assistente Administrativo

01.1. Recepção de materiais e cadastro em sistema integrado

02

DAD001

01.2. Recepção de pessoal

01

DAD030

01.3. Compras - Cadastro de materiais e de fornecedores em sistema integrado

02

DAD002

 

01.4. Almoxarifado geral

01

DAD004

01.5. Pagamento

01

DAD012

01.6. Qualidade

01

PRE004

01.7. Atendimento administrativo

01

PRE008

01.8. Técnica comercial

01

DTE023

01.9. Atendimento administrativo e secretaria

01

DTE008

01.10. Gestão de qualidade e almoxarifado químico

01

DTE003

02. Laboratorista

02.1. Toxicologia

01

DTE017

02.2. Imunobiologia

01

PRE003

02.3. Água e efluentes

01

DTE011

02.4. Fertilizantes e calcários

01

DTE034

03. Operador

03.1. Envasamento

01

DPR004

03.2. Produção de fármacos

09

DPR015

04. Telefonista

04.1. Telefonista

02

DAD017

05. Motorista

05.1. Motorista

02

DAD019

 

01.3. CARGOS DE TÉCNICO DE NÍVEL MÉDIO.

 

Área

Subárea

Vagas

Referência

Vaga

01. Administração

01.1. Administração de recursos humanos

02

DAD024

02. Análises Clínicas

02.1. Produção microbiológica

01

DPR014

02.2. Microbiologia

01

DTE020

03. Contabilidade

03.1. Contabilidade

01

DAD011

04. Metrologia

04.1. Metrologia física

03

DTE028

05. Informática

05.1. Suporte técnico

01

DAD029

06. Mecânica

06.1. Inspeção veicular

01

Maringá

DTE039

06.2. Inspeção veicular

01

DTE040

07. Patologia Clínica

07.1. Microbiologia industrial

01

DPR007

07.2. Imunobiologia

01

DPR013

08. Química

08.1. Produção industrial

04

DPR016

08.2. Controle químico em materiais metálicos

01

DTE002

08.3. Análise química por espectrometria de emissão óptica com plasma

01

DTE009

08.4. Análise físico-química em águas minerais e efluentes

01

DTE010

08.5. Análise físico-química em polímeros, materiais médico-hospitalares e pesticidas

01

DTE012

08.6. Análise físico-química em Imunobiológicos e matérias primas de medicamentos e alimentos

01

DTE031

08.7. Controle da qualidade em fertilizantes e calcários

01

DTE035

08.8. Química analítica: análises físico-químicas

04

DTE046

08.9. Química analítica: análises físico-químicas

01

Maringá

DTE146

09. Segurança do Trabalho

09.1. Segurança do trabalho

01

DAD021

10. Tecnologias Sociais

10.1. Tecnologias sociais e segurança

01

DTE036

 

01.4. CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR.

 

Área

Subárea

Vagas

Referência

Vaga

01. Administração

01.1. Administração comercial/gestão SAC

01

DAD009

01.2. Gestão de sistemas de compras

01

DAD015

01.3. Gestão de sistemas de suprimentos

01

DAD016

01.4. Gestão de capacitação e formação de pessoal

01

DAD022

01.5. Gestão de política de recursos humanos

01

DAD023

01.6. Auditagem de sistemas de qualidade

01

DTE022

01.7. Técnico de avaliação de conformidade

01

DTE024

01.8. Administração financeira

02

DAD007

01.9. Análise de processos

01

DAD026

02. Advocacia

02.1. Advocacia

01

PRE007

03. Análise de Sistemas

03.1. Operação de rede

01

DAD032

03.2. Administração de rede

01

DAD028

03.3. Desenvolvimento de sistemas

01

DAD027

03.4. Administração de banco de dados

01

DTE025

04. Assistência Social

04.1. Assistência Social

01

DAD005

05. Biologia

 

05.1. Produção de antisoros, antígenos específicos e anticorpos

01

DPR005

05.2. Microbiologia e toxicologia

01

DTE018

05.3. Biologia celular e ultraestrutura

01

DPR025

05.4. Controle biológico de biotérios

01

DPR026

06. Medicina Veterinária

06.1. Produção de vacinas para uso veterinário

01

DPR011

06.2. Produção de antígenos para uso veterinário

01

DPR006

07. Enfermagem

07.1. Enfermagem

01

DAD020

08. Engenharia da Computação

08.1. Pesquisa e desenvolvimento em inteligência artificial

02

DTE041

09. Engenharia Civil

09.1. Engenharia de manutenção

01

DAD013

10. Engenharia Elétrica

10.1. Acompanhamento de projetos de engenharia, projetos e obras

01

DAD006

10.2. Metrologia e gestão de laboratório de calibrações elétricas

01

DTE026

10.3. Metrologia elétrica

02

DTE027

11. Engenharia de Madeiras

11.1. Análises físicas e físico-químicas de madeiras

01

DTE047

12. Engenharia Mecânica

12.1. Inspeção técnica veicular

01

(Maringá)

DTE038

12.2. Metrologia mecânica

01

DTE048

13. Engenharia Química

13.1. Engenharia de Processos biotecnológicos

01

DPR009

13.2. Materiais metálicos e gestão de laboratórios de materiais metálicos

01

DTE001

13.3. Extensão tecnológica

01

DTE043

14. Farmácia

14.1. Gestão e análises físico-químicas em laboratório de alimentos

01

DTE006

14.2. Produção de Imunobiológicos

01

DPR008

14.3. Toxicologia

01

DTE019

14.4. Técnica em sistema de gestão da qualidade

01

PRE005

14.5. Controle da qualidade em imunobiológicos e fármacos

02

PRE010

14.6. Controle da qualidade de produtos biológicos

01

PRE001

15. Física

15.1. Físico-química de instrumental analítico

01

DTE007

16. Gestão da Informação

16.1. Informações tecnológicas

01

DTE044

17. Química

17.1. Análises físico-químicas em produtos de madeira, papel e celulose, corrosão e produtos petroquímicos

01

DTE013

 

17.2. Análises físico-químicas em materiais poliméricos

01

DTE014

17.3. Análises físico-química e instrumental

04

DTE045

17.4. Análises físico-químicas em saneantes e domissanitários

01

DTE015

17.5. Cromatografia preparativa e analítica

01

DPR010

17.6. Análises físico-químicas e cromatografia líquida

01

DTE032

17.7. Análises físico-químicas e cromatografia líquida e gasosa

01

DTE033

17.8. Análises físico-químicas em fertilizantes, calcários e resíduos sólidos

01

DTE029

17.9. Pesquisa em biodiesel

01

DTE042

17.10. Química analítica de biodiesel

01

DTE021

17.11. Metrologia Química

01

DTE030

18. Tecnologia em Química Ambiental

18.1. Tecnologias sociais e química ambiental

01

DTE037

18.2. Obras e meio ambiente

01

DAD031

19. Contabilidade

19.1. Contabilidade

01

DAD010

20. Secretariado Executivo

20.1. Secretariado Executivo

01

DAD008

21. Assessoria

21.1. Assessoria Executiva

01

PRE009

 

02. DAS CARACTERÍSTICAS DOS CARGOS: REQUISITOS ESPECÍFICOS E FUNÇÕES.

 

02.1. CARGOS DE AUXILIARES.

 

Área: 01 – Auxiliar de Biotério

 

Subárea: 01.1 – Biotério

Referência

Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DPR001

Primeiro Ciclo do Ensino Fundamental (quatro primeiras séries); experiência mínima de 03 anos em trabalho de criação de animais de laboratórios e em trabalhos em área estéril.

Realização de sexagem em animais de até 03 dias; trabalho em áreas assépticas; desmame de animais de laboratórios; troca, limpeza, lavagem e distribuição de cepilho em caixas de acondicionamento de animais; elaboração de relatórios de produção de animais; inoculação de líquidos biológicos em camundongos neonatos; lavagem, esterilização e embalagem de vidraria de laboratório.

 

Área: 02 – Auxiliar Administrativo

 

Subárea: 02.1 – Manutenção industrial e laboratorial

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DAD014

Ensino Fundamental Completo; experiência mínima na subárea de 03 anos.

Planejamento de atividades de manutenção preditiva, corretiva e emergencial de máquinas e equipamentos de laboratórios; supervisão de serviços; coordenação da instalação de equipamentos para linha de produção, laboratórios de máquinas e equipamentos; elaboração de pedidos de materiais para manutenção de máquinas e equipamentos; solicitação de orçamentos de serviços; qualificação de equipes de trabalho; coordenação de serviços em conformidade a normas e procedimentos técnicos, de qualidade e de segurança. Higiene e preservação ambiental.

 

Subárea: 02.2 – Controle de frota de veículos e serviços gerais

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DAD018

Ensino Fundamental Completo; experiência mínima na subárea de 03 anos.

Controle de frota; elaboração de termos de retirada de veículos para viagem; conciliação de trabalhos e roteiros para os motoristas; controle de gasto de combustíveis; emissão de relatórios de quilometragem, de combustíveis e quantidade de veículos em uso, por categoria; controle de contratos de terceirização; elaboração de requisição de adiantamento de viagem; elaboração de relatório de viagens; controle das atividades de reprografia; controles estatísticos de procedimentos administrativos.

 

Área: 03 – Auxiliar de Laboratório

 

Subárea: 03.1 – Análises químicas

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DTE004

Ensino Fundamental Completo; experiência mínima de 03 anos na subárea.

Organização de laboratórios; limpeza de capelas químicas; preparo e lavagem de vidrarias para uso em análises químicas; identificação de vidrarias de laboratório.

 

Subárea: 03.2 – Análises químicas e microbiológicas

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DTE005

Ensino Fundamental Completo; experiência mínima de 03 anos na subárea.

Organização de laboratórios; limpeza de capelas químicas; preparo e lavagem de vidrarias para uso em análises químicas; preparo, lavagem e esterilização de materiais para uso em laboratório de microbiologia; identificação de vidrarias de laboratório.

 

Subárea: 03.3 – Toxicologia

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DTE016

Ensino Fundamental Completo; experiência mínima de 05 anos na subárea.

Planejamento e execução de lavagem de materiais para ensaios de pirogênio in vitro e para ensaios de toxicidade; esterilização por autoclavação de vestuários de laboratório; esterilização por autoclavação de vidraria para ensaios de endotoxina, citotoxicidade e microbiologia; planejamento e execução de laboratórios de endotoxina, citotoxicidade.

Observação: Disponibilidade para trabalho em escala de revezamento (feriados e finais de semana).

 

 


Área: 04 – Auxiliar de Produção

 

Subárea: 04.1 – Produção de vacinas

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DPR002

Ensino Fundamental Completo; experiência mínima de 03 anos na subárea.

Lavagem, embalagem e esterilização de vidraria de laboratório e insumos de produção em autoclave; operação de autoclave e forno Pasteur; desenvolvimento de atividades de acordo com o sistema de qualidade ISO 9001/2000; auxílio na entrega de produto final embalado para encaminhamento ao Ministério da Saúde.

 

Subárea: 04.2 – Fermentação e cultivo celular

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DPR003

Ensino Fundamental Completo; experiência mínima de 03 anos na subárea.

Lavagem de vidrarias e materiais com detergentes e desinfetantes para uso do laboratório de fermentação e cultivo celular; preparo de soluções; esterilização de materiais e vidrarias; desenvolvimento de atividades de acordo com o sistema de qualidade ISO 9001/2000; auxílio na entrega de produto final embalado para encaminhamento ao Ministério da Saúde.

 

02.2. CARGOS DE OPERACIONAIS.

 

Área: 01 – Assistente Administrativo

 

Subárea: 01.1 – Recepção de materiais e cadastro em sistema integrado

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DAD001

Ensino Médio Completo; experiência mínima de 03 anos na subárea.

Atendimento ao cliente; recepção de materiais para análises em laboratório; emissão de notas fiscais; emissão de solicitação de serviços; encaminhamento e conferência de Laudos e Relatórios de Análises; recebimento, protocolo e entrega de documentos e correspondências; elaboração de cadastros de clientes; envio de correspondências; recepção e encaminhamento de clientes e visitantes.

 

Subárea: 01.2 – Recepção de pessoal

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DAD030

Ensino Médio Completo; experiência mínima de 03 anos na subárea.

Atendimento ao cliente; encaminhamento e conferência de laudos e Relatórios de Análise para a recepção; recebimento, protocolo e entrega de documentos e correspondências; elaboração de lista de malotes; cadastro de clientes; encaminhamentos de correspondências; recepção e encaminhamento de clientes e visitantes.

 

Subárea: 01.3 – Compras - cadastro de materiais e de fornecedores em sistema integrado

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DAD002

Ensino Médio Completo; experiência mínima de 03 anos na subárea.

Emissão e cobrança de ordens de compra; verificação e atualização de cadastro de materiais; cotação de preços, emissão, cobrança e baixa de ordens de serviço; manutenção de cadastro de fornecedores; atendimento ao fornecedor e ao cliente interno; elaboração de documentos, tabelas, planilhas e gráficos; organização de arquivos; secretariar atividades de licitações.

 

Subárea: 01.4 – Almoxarifado Geral

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DAD004

Ensino Médio Completo; experiência mínima de 05 anos na subárea.

Controle administrativo de contratos; atendimento e orientação ao cliente; controle da documentação do sistema de suprimentos; elaboração de documentos e relatórios; conferência de Nota Fiscal X ordem de compra; recolhimento e armazenamento de mercadorias; controle de entrada de notas fiscais; avaliação de fornecedores; devolução de mercadorias; cobranças de ordem de compras pendentes.

 

Subárea: 01.5 – Pagamento

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DAD012

Ensino Médio Completo; experiência mínima de 03 anos na subárea.

Controle de contas a pagar; preparação de arquivos de pagamentos, via sistema bancário; emissão de cheques; inclusões e baixas de fornecedores através de sistema integrado.

 

Subárea: 01.6 – Qualidade

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

PRE004

Ensino Médio Completo; experiência mínima de 05 anos na subárea.

Planejamento e execução de rotinas administrativas; treinamento e supervisão de estagiários; elaboração, revisão, emissão e controle de documentos do sistema de garantia da qualidade; controle de procedimentos operacionais padronizados e protocolos  de ensaios emitidos pelas unidades de produção e de controle da qualidade; planejamento de insumos e materiais para continuidade das atividades; pesquisa de avaliação da satisfação de clientes; planejamento de auditorias internas, notificação e execução de auditorias internas do sistema de gestão da qualidade; elaboração de relatórios de auditorias internas; estabelecimento das ações corretivas decorrentes das não-conformidades, detectadas nas auditorias internas; realização de técnicas estatísticas referentes às reclamações de cliente e não-conformidades; planejamento de compras, orçamentos.

Observação: Disponibilidade para realizar viagens para execução de serviços externos.

 

Subárea: 01.7 – Atendimento administrativo

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

PRE008

Ensino Médio Completo; experiência mínima de 03 anos na subárea.

Atendimento ao público; atendimento às empresas incubadas; atendimento telefônico; assistência à gerência; elaboração e digitação de contratos; elaboração e manutenção de cadastros.

 

Subárea: 01.8 – Técnica comercial

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DTE023

Ensino Médio Completo; experiência mínima de 05 anos na subárea.

Desenvolvimento de atividades administrativas gerais; elaboração de propostas técnico-comerciais para certificação de sistemas de qualidade / sistema de gestão ambiental; agendamento e monitoramento da execução de auditorias junto às organizações, clientes e auditores, através de sistemas informatizados em rede e banco de dados.

 

Subárea: 01.9 – Atendimento administrativo e secretaria

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DTE008

Ensino Médio Completo; experiência mínima de 05 anos na subárea.

Atendimento à chefia; organização de viagens nacionais e internacionais; redação de ofícios; organização e execução de eventos empresariais; atendimento ao público interno e externo.

 

Subárea: 01.10 – Gestão da qualidade e almoxarifado químico

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DTE003

Ensino Médio Completo; experiência mínima de 05 anos na subárea.

Controle administrativo de contratos de prestação de serviços especializados e orientações personalizadas aos clientes; elaboração de documentação da Qualidade, com base na ISO 9000; controle de almoxarifado de materiais de laboratórios e produtos químicos.

 

Área: 02 – Laboratorista

 

Subárea: 02.1 – Toxicologia

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DTE017

Ensino Médio Completo; experiência mínima de 03 anos na subárea.

Planejamento e execução de limpeza de materiais utilizados em laboratório de ensaios toxicológicos; limpeza e lavagem de bebedouros, caixas e gaiolas de animais; preparo de animais utilizados nos ensaios; recebimento e alojamento de animais no laboratório; auxílio na realização dos ensaios, no sacrifico, na avaliação macroscópica e no descarte de animais de laboratório. Observação: disponibilidade para trabalho em escala de revezamento (feriados e finais de semana).

 

Subárea: 02.2 – Imunobiologia

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

PRE003

Ensino Médio Completo; experiência mínima de 05 anos na subárea.

Auxílio em ensaios biológicos; recebimento e acondicionamento de animais utilizados em ensaios biológicos; limpeza e manutenção de caixas de contenção de animais; lavagem e esterilização dos materiais utilizados em ensaios biológicos; registro de temperatura e umidade nas salas de ensaios biológicos; auxílio na leitura dos resultados dos ensaios; auxílio na coleta de amostras de imunobiológicos para a realização dos ensaios biológicos; descarte de materiais e carcaças de animais; treinamento de estagiários nas atividades suportes para a realização de ensaios biológicos. Observação: disponibilidade para realização de viagens para execução de serviços externos; disponibilidade para realização de atividades em horário extraordinário (feriados e fins de semana).

 

Subárea: 02.3 – Águas e efluentes

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DTE011

Ensino Médio Completo; experiência mínima de 03 anos na subárea.

Participação em equipes de segurança e biosegurança de laboratórios e brigadas de emergência; desenvolvimento de atividades de coleta e preservação de amostras de água e efluentes industriais destinados à análises físico-químicas e microbiológicas; auxílio e controle das condições ambientais do laboratório; preparo e recebimento de frascos, fichas e caixas de amostras; controle e distribuição de amostras dentro do laboratório; desenvolvimentos de atividades parciais de análises físico-químicas condutimétricas, gravimétricas, titrimétricas em águas e efluentes industriais; preparo de reagentes para análises químicas; auxílio no tratamento de resíduos químicos de laboratório; operação de deionizadores de água para uso em laboratório; manutenção preventiva e operação de lavadores de gases. Observação: Disponibilidade para a realização de viagens para a execução de serviços externos.

 

Subárea: 02.4 – Fertilizantes e calcários

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DTE034

Ensino Médio Completo; experiência mínima de 03 anos na subárea.

Organização laboratorial; preparo de amostras e vidrarias para análises; extrações ácidas e aquosas de amostras; realização de análises físico-químicas em fertilizantes e calcários; elaboração de soluções padrão e reagentes; montagem de gráficos para controle; realização de ensaios de comparação em programa interlaboratorial; aplicação de ferramentas do sistema de gestão de qualidade; classificação, tratamento e disposição de resíduos de laboratório.

 

Área: 03 – Operador

 

 

 

Subárea: 03.1 – Envasamento

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Requisitos Específicos

DPR004

Ensino Médio Completo; experiência mínima de 05 anos na subárea.

Operação e manutenção básica de máquinas enchedora/tampadora, rotuladora; envasamento de produtos biológicos em ambiente estéril; rotulagem de frascos; purificação de tuberculina PPD-bovina e aviária; preparo de tuberculinas para diagnóstico de tuberculose em animais; filtração estéril de produtos biológicos; operação de espectrofotômetro; determinação de concentração bacteriana; cultivo de células e infecção viral.

 

Subárea: 03.2 – Produção de fármacos

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DPR015

Ensino Médio Completo; experiência mínima de 03 anos na subárea.

Execução de análises físico-químicas em água para injetáveis, segundo requisitos da USP XXVI; realização de atividades de calibração de pHmetros; elaboração de soluções desinfetantes em diferentes concentrações.

 

Área: 04 – Telefonista

 

Subárea: 04.1 – Telefonista

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DAD017

Ensino Médio Completo; experiência mínima de 05 anos na subárea.

Atendimento a PABX e ramais; atendimentos de chamadas telefônicas internas e externas; operação de troncos e ramais telefônicos; verificação de defeitos em ramais de mesa de operação e providência de reparos necessários; registro de chamadas em impressos; encaminhamento de informações às unidades pertinentes; atendimento a pedidos de informações telefônicas; anotação de recados; registro de chamadas; guarda, manutenção e conservação dos equipamentos e do ambiente de trabalho.

 

Área: 05 – Motorista

 

Subárea: 05.1 – Motorista

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DAD019

Ensino Médio Completo; experiência mínima de 03 anos na atividade. Carteira Nacional de Habilitação Profissional.

Condução de veículos leves e médios; transporte de pessoas ou cargas; manutenção básica de veículos.

 

02.3. CARGOS DE TÉCNICO DE NÍVEL MÉDIO.

 

Área: 01 - Administração

 

Subárea: 01.1 – Administração de recursos humanos

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DAD024

Curso Técnico Completo na área de Administração, ou em Processamento de Dados ou em Contabilidade; experiência mínima de 03 anos, na subárea.

Execução de operações de geração de folhas de pagamento; inspeção sobre as rotinas e cálculos aplicados à folha; promoção de estudos relacionados à legislação de gestão de pessoas; manutenção atualizada de acervo relativo à legislação de gestão de pessoas; disponibilização e análise de informações relativas à folha de pagamento, remuneração e evolução do quadro de pessoal; controle e acompanhamento da aplicação da legislação relativa à gestão de pessoas; elaboração de relatórios sobre folha de pagamento; contracheque, férias, rescisão de contrato, consignatárias, etc; outras atividades relacionadas às rotinas trabalhistas.

 

Área: 02 – Análises Clínicas

 

Subárea: 02.1 – Produção microbiológica

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DPR014

Curso Técnico Completo em Análises Clínicas.

Preparo de soluções aquosas, meios de cultura; filtração; esterilização em membranas e autoclave; operação de equipamentos de laboratório (autoclave, balanças analíticas e fluxo laminar); controle de estoque de reagentes e de matéria-prima; elaboração de protocolos de produção, conforme o sistema da Qualidade.

 

Subárea: 02.2 - Microbiologia

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DTE020

Curso Técnico Completo em Análises Clínicas. Experiência mínima de 03 anos, na subárea.

 Planejamento e realização de atividades de produção de meio de cultura para as atividades de microbiologia e cultivo celular; treinamento e supervisão de atividades de estagiários do laboratório; elaboração de instruções de trabalho; preparo de reagentes; repicagem e cultivo de microrganismos; planejamento do estoque de meios de cultura e reagentes; planejamento e execução do controle de qualidade dos meios de cultura e reagentes; desenvolvimento de sorologia para brucelose, prova do anel do leite (ring test), cultivo de Mycobaterium bovis, M. avium, Brucella abortus, Brucella canis, fermentação, liofilização de bactérias. Observação: disponibilidade para escalas de revezamento (feriados e finais de semana).

 

Área: 03 - Contabilidade

 

Subárea: 03.1 - Contabilidade

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DAD011

Curso Técnico Completo em Contabilidade. Experiência mínima de 03 anos em contabilidade.

Classificação financeiro-contábil de documentos; conciliações de registros financeiros-contábeis; apuração de impostos e contribuições; preparação de guias de recolhimentos e ou pagamentos de impostos e contribuições; alimentação dos sistemas integrados de gestão e SIAF (Sistema de Acompanhamento Financeiro).

 

Área: 04 - Metrologia

 

Subárea: 04.1 – Metrologia física

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DTE028

Curso Técnico Completo em Eletrônica ou Eletrotécnica ou Mecatrônica.

Execução de atividades de calibração; operação de Sistema de Garantia da Qualidade em laboratório; apoio técnico às atividades de Validação de processos segundo a RDC 210 da ANVISA.

 

Área: 05 - Informática

 

Subárea: 05.1 – Suporte técnico

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DAD029

Curso Técnico Completo em Informática ou Eletrônica.

Execução de atividades de suporte local e à distância (help desk) na área de microinformática (hardware e software); administração do ambiente, execução da instalação, customização, implantação, correção, operacionalização e acompanhamento dos sistemas computacionais; prestação de consultoria e suporte técnico relativo à implantação e uso adequado dos recursos de hardware e software; instalação, configuração e resolução de problemas dos seguintes softwares: Sistemas Operacionais Windows 95/98/NT/2000/XP/2003, Linux, Softwares aplicativos (Microsoft Office 97/2000/XP, OpenOffice, Attachmate Extra 6.1/6.4/6.5, Microsoft Outlook, Outlook Express, Corel Draw 8.0/9.0/10.0/11.0, Internet Explorer 5.5/6.0, Netscape Communicator 4.51, Microsoft SQL-Server, Flow Charting, Microsoft Visio, Microsoft Project 98/2000/XP e VNC); elaboração e oferta de treinamento de cursos de microinformática; análise de viabilidade de instalação de novas aplicações, outras atividades correlatas necessárias à manutenção do estado operacional dos produtos instalados.

 

Área: 06 – Mecânica

 

Subárea: 06.1 – Inspeção veicular

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DTE039

e

DTE040

Curso Técnico completo em Mecânica, com registro no CREA –Pr. Carteira Nacional de Habilitação tipo AE para a vaga de Maringá (DTE039).

Realização de inspeções em veículos automotivos; elaboração e aplicação de plano de manutenção, verificação intermediária e calibração de equipamentos; supervisão de atividades de outros técnicos e estagiários do Departamento; emissão de documentos com resultados; elaboração de relatórios de ensaios, laudos técnicos na área de segurança veicular; elaboração de instruções de ensaio e de trabalho. Observação: disponibilidade para realização de viagens para execução de serviços externos.

 

Área: 07 – Patologia Clínica

 

Subárea: 07.1 – Microbiologia industrial

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DPR007

Curso Técnico Completo em Patologia Clínica. Experiência mínima de 05 anos, na subárea.

Desenvolvimento de atividades de montagem e operação de fermentadores em áreas de risco biológico; realização de atividades de cultivo e repiques de cepas bacterianas, centrifugação, esfregaço e coloração em lâminas para microscopia.

 

 

Subárea: 07.2 - Imunobiologia

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DPR013

Curso Técnico Completo em Patologia Clínica. Experiência mínima de 05 anos, na subárea.

Produção de imunobiológicos virais em células em monocamadas e suspensão; execução de técnicas de DNA recombinante (PCR) para monitoramento de processos de produção de imunobiológicos; fermentação em biorreatores; produção, infecção e controle de células em monocamadas e suspensão; acompanhamento de coleta de amostras de produto para controle da qualidade interno e externo.

 

Área: 08 – Química

 

Subárea: 08.1 – Produção industrial

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DPR016

Curso Técnico Completo em Química, com registro no CRQ-Pr. Experiência mínima de 03 anos, na subárea.

Elaboração de soluções de tioglicolato e meio líquido de Latham Muller. Soluções salinas e outras soluções; preparo de soluções corantes para eletroforese e coloração de Gram.

 

Subárea: 08.2 – Controle químico em materiais metálicos

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DTE002

Curso Técnico Completo em Química, com registro no CRQ-Pr. Experiência mínima de 05 anos, na subárea.

Coleta e preparação de amostras; organização do laboratório (limpeza de materiais e equipamentos; controle ambiental; tratamento de resíduos químicos; segurança em laboratórios) análises de rotina envolvendo controle químico-metalúrgico e classificação de ligas ferrosas e não ferrosas; ensaios em área de tecnologias de tratamento e modificação de superfícies metálicas e ensaios  de corrosão, manutenção, operação e calibração de equipamentos aplicáveis em ensaios de materiais metálicos (espectrofotômetro de absorção atômica com chama, espectrofotômetro UV-VIS; eletroamalisador de metais; analisador de carbono/enxofre; Câmara de Névoa salina); análises químicas por volumetria, gravimetria e eletrogravimetria em materiais metálicos; programas interlaboratoriais para certificação de materiais de referência; interpretação de relatórios de ensaios mecânicos (dureza, metalografia, tração); elaboração de relatórios da composição química dos materiais metálicos para a classificação das ligas metálicas; gestão da qualidade NBE ISO 9001/2000; ISO/ IEC 17025 (validação de métodos de ensaio, ferramentas estatísticas).

 

Subárea: 8.3 – Análise química por espectrometria de emissão óptica com plasma

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DTE009

Curso Técnico Completo em Química, com registro no CRQ-Pr. Experiência mínima de 05 anos, na subárea.

Coleta, moagem e preparação de amostras; organização do laboratório (limpeza de materiais e equipamentos, controle ambiental, tratamento de resíduos químicos, segurança em laboratórios); análises de rotina envolvendo determinação de constituintes e contaminantes inorgânicos por espectrometria de emissão atômica/óptica com plasma indutivamente acoplado (ICP OES), nas configurações axial e radial e por espectrometria de absorção atômica com chama (F AAS), através de processos de nebulização convencional, geração química de vapor (hidretos e vapor frio) e nebulização ultra-sônica (para ICP OES) com aplicação em amostras de origem ambiental, industrial, metalúrgica e alimentícia; bem como o pré-tratamento desta por via seca, úmida e sistema de microondas; manutenção, operação e calibração desses equipamentos; programas interlaboratoriais para certificação de materiais de referência; gestão da qualidade: NBE ISO 9001/2000 e ISO/IEC 17025 (validação de métodos de ensaio, ferramentas estatísticas, confiabibilidade aplicada a ensaios químicos; determinação da incerteza de medições aplicada à espectrometria atômica).

 

Subárea: 08.4 – Análise físico-química em águas minerais e efluentes

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DTE010

Curso Técnico Completo em Química, com registro no CRQ-Pr. Experiência mínima de 03 anos, na subárea.

Coleta e preparação de amostras; organização do laboratório (limpeza de materiais e equipamentos, controle ambiental, tratamento de resíduos químicos, segurança em laboratórios); análises de rotina envolvendo em ensaios e classificação de águas minerais, análises físico-químicas de águas e efluentes por volumetria, gravimetria, turbidimetria, condutimeria, potenciometria, espectrofotometria UV-VIS, avaliação de parâmetros de potabilidade de acordo com a legislação, preparação de amostras e determinação de metais por espectrometria de absorção atômica com chama (F AAS) e emissão com plasma (ICP OES); gestão da qualidade NBE ISO 9001/2000 e ISO/IEC 17025 (validação de métodos de ensaio, ferramentas estatísticas, confiabilidade aplicada a ensaios químicos, determinação da incerteza de medições de análises químicas).

 

Subárea: 08.5 – Análise físico-química em polímeros, materiais médico-hospitalares e pesticidas

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DTE012

Curso Técnico Completo em Química, com registro no CRQ-Pr. Experiência mínima de 03 anos, na subárea.

Coleta e preparação de amostras; organização do laboratório (limpeza de materiais e equipamentos, controle ambiental, tratamento de resíduos químicos, segurança em laboratórios); análises de rotina envolvendo resíduos de pesticidas em matrizes agronômicas, ensaios em artigos odonto-médico-hospitalares (seringas, agulhas, equipo, bolsas de sangue, cateter, matéria-prima); preparação de amostras e determinação de metais por espectrometria de absorção atômica com chama (F AAS) e emissão com plasma (ICP OES); técnicas instrumentais de potenciometria, espectrofotometria UV-VIS; ensaios em tubos e conexões de PVC; ensaios em tintas e brinquedos para determinação de metais pesados; gestão da qualidade NBE ISO 9001/2000 e ISO/IEC 17025 (validação de métodos de ensaio, ferramentas estatísticas, confiabilidade aplicada a ensaios químicos, determinação da incerteza de medições de análises químicas).

 

Subárea: 08.6 – Análise físico-química em imunobiológicos e matérias-primas de medicamentos e alimentos

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DTE031

Curso Técnico Completo em Química, com registro no CRQ-Pr. Experiência mínima de 03 anos, na subárea.

Coleta e preparação de amostras; organização do laboratório (limpeza de materiais e equipamentos, controle ambiental, tratamento de resíduos químicos, segurança em laboratórios); análises de rotina envolvendo espectrometria de absorção atômica, ensaios físico-químicos  em imunobiológicos, conforme portaria 175/96 da Secretaria de Vigilância Sanitária, em medicamentos e alimentos; aplicação de técnicas estatísticas básicas em metrologia, manutenção, verificação intermediária e calibração de equipamentos; desenvolvimento e validação de metodologias não normatizadas através do uso de ferramentas para confiabilidade metrológica, plano mestre de validação (noções básicas); auditoria interna da qualidade, de acordo com a norma  ISO 9001/2000, gestão da qualidade NBE ISO 9001/2000 e ISO/IEC 17025 (validação de métodos de ensaio, ferramentas estatísticas, confiabilidade aplicada a ensaios químicos, cálculo da incerteza das medições em análises químicas).

 

Subárea: 08.7 – Controle da qualidade em fertilizantes e calcários

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DTE035

Curso Técnico Completo em Química, com registro no CRQ-Pr. Experiência mínima de 05 anos, na subárea.

Participação da supervisão e coordenação do laboratório; utilização de técnicas analíticas de gravimetria, volumetria (titrimetria), espectrometria de absorção atômica, espectrofotometria (UV-VIS), fotometria de chama (emissão atômica), potenciometria para a execução de análises químicas e físico-químicas  fiscais e periciais em fertilizantes e calcários; elaboração de soluções padrão e reagentes diversos;  realização, acompanhamento e avaliação de ensaios  de comparação em programas interlaboratoriais; elaboração de gráficos para controle; realização de curvas de calibração e/ou curvas de verificação para ensaios em fotômetro de UV-VIS e de absorção atômica; aplicação de ferramentas do sistema de gestão da qualidade, inclusive validação de metodologias de acordo com as normas do INMETRO para atendimento à ISO IEC 17.025; realização de supervisão de manutenção e calibração de equipamentos do laboratório; revisão, inspeção e aprovação de cálculos e resultados de ensaios analíticos, utilizando recursos de informática para a emissão de documento final; gerenciamento do tratamento e da disposição de resíduos do laboratório.

 

Subárea: 08.8 – Química analítica: análises físico-químicas

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DTE046

E

DTE146

Curso Técnico Completo em Química, com registro no CRQ-Pr.

Coleta, moagem e preparação de amostras; organização do laboratório (limpeza de materiais e equipamentos, controle ambiental, tratamento de resíduos químicos, segurança em laboratórios); análises de rotina envolvendo técnicas analíticas de gravimetria, volumetria, espectrometria de absorção atômica, espectrofotometria UV-VIS e cromatografia; preparação de soluções e reagentes; execução de análises físico-químicas; preparo de reagentes e soluções padrão; execução de plano de manutenção, verificação intermediária e calibração de equipamentos; implantação e validação de métodos de análises físico-químicas de acordo com as normas da ANVISA e INMETRO; implantação e execução de procedimentos para a verificação da confiabilidade metrológica de resultados analíticos, de acordo com as normas da ANVISA e INMETRO.

 

Área: 09 – Segurança do Trabalho

 

Subárea: 09.1 – Segurança do trabalho

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DAD021

Curso Médio Profissionalizante Completo em Segurança do Trabalho. Carteira Nacional de Habilitação tipo B.

Investigação de acidentes de trabalho; Elaboração de CAT (Comunicação de Acidente de Trabalho) e envio ao INSS; elaboração do PPP (Perfil Profissiográfico Previdenciário) de cada funcionário; elaboração e acompanhamento do PPRA (Programa de Prevenção de Riscos Ambientais); elaboração do PPR (Programa de Proteção Respiratória); organização e acompanhamento dos trabalhos da brigada de emergência; treinamento aos funcionários; integração  de funcionários, estagiários, bolsistas e terceirizados; inspeção de segurança; entrega de EPI (Equipamento de Proteção Individual); realização da eleição da CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidente de Trabalho); realização junto à CIPA da SIPAT (Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho); elaboração de mapas de risco; elaboração de procedimentos de segurança.

Observação: disponibilidade para viagem.

 

Área: 10 – Tecnologias Sociais

 

Subárea: 10.1 – Tecnologias sociais e segurança

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DTE036

Curso Médio Profissionalizante Completo em Segurança do Trabalho. Experiência mínima de 03 anos, na subárea. Carteira Nacional de Habilitação tipo B.

Desenvolvimento de atividades relativas à análise de riscos ambientais; proposição de medidas corretivas para a eliminação de condições inseguras de trabalho no desenvolvimento de novas Tecnologias Sócio-Ambientais; realização de desenhos técnicos de layout e equipamentos; atuação no desenvolvimento e implementação de sistemas de tratamento de dejetos de animais em propriedades rurais; atuação no desenvolvimento de processos para utilização do bambu como material para construção civil.

Observação: Disponibilidade para viagem.

 

02.4. CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR.

 

Área: 01 - Administração

 

Subárea: 01.1 – Administração comercial / gestão SAC

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DAD009

 Graduação em Administração de Empresas, com registro no Órgão de Classe.

Controle e acompanhamento da gestão comercial e do SAC; definição de rotinas, homologação e implantação de processos de gestão comercial e de gestão do Serviço de atendimento ao cliente, de acordo com a legislação tributária e políticas da empresa; elaboração de orientações e procedimentos relativos à gestão comercial e gestão de SAC, de acordo com a legislação tributária e políticas da empresa; esclarecimento e informações sobre a função da gestão comercial e gestão SAC para os órgão de controle interno e entidades externas; execução de controle sistêmico e supervisão das operações dos processos de SAC e de gestão comercial, efetivando inspeções sobre as rotinas e cálculos aplicados; desenvolvimento de pesquisas e estudos relacionados à legislação tributária; disponibilização e análise de informações relativas à gestão comercial e ao SAC, para auxiliar processos de tomadas de decisão; atendimento a clientes internos e externos.

 

Subárea: 01.2 – Gestão de sistemas de compras

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DAD015

Graduação em Administração de Empresas com registro no respectivo Órgão de Classe. Experiência mínima de 03 anos.

Negociação com fornecedores e usuários visando a otimização das aquisições; monitoramento das atividades desenvolvidas no sistema corporativo; levantamento das necessidades de aquisição de materiais de todas as áreas da empresa; coordenação das atividades relacionadas à aquisição de materiais e serviços; acompanhamento da situação cadastral de fornecedores junto ao SIAF; Manutenção da regularização de todas as licenças exigidas pelos órgãos competentes, no que se refere a produtos controlados; Coordenação do cadastro de materiais e fornecedores; acompanhamento do desenvolvimento das atividades da área; criação e monitoramento dos indicadores de produtividade; monitoramento de todos os pedidos de compra e serviços expedidos.

 

Subárea: 01.3 – Gestão de sistemas de suprimentos

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DAD016

Graduação em Administração de Empresas ou Ciências Contábeis, com registro no respectivo Órgão de Classe.

Recebimento de materiais; acompanhamento e estabelecimento de critérios de avaliação para fornecedores; estabelecimento de critérios para o acompanhamento do estoque; coordenação das atividades de entrega de materiais; monitoramento das atividades desenvolvidas no sistema corporativo; atendimento aos procedimentos estabelecidos pelo sistema da qualidade da empresa; criação e monitoramento de indicadores de produtividade; acompanhamento e registro dos bens patrimoniais da empresa; realização e coordenação de inventários periódicos dos bens patrimoniais.

 

Subárea: 01.4 – Gestão de capacitação e formação de pessoal

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DAD022

Graduação em Administração de Empresas, com registro no Órgão de Classe. Experiência mínima de 05 anos.

Gestão de área de capacitação e formação de Pessoas; elaboração de projetos de treinamento e apontamento de suas necessidades; Coordenação de Programa Anual de Treinamento – PAT -; gerenciamento de Equipe de Treinamento; elaboração e supervisão de relatórios relativos à área; gerenciamento do mapeamento de competências Institucional.

 

Subárea: 01.5 – Gestão de política de recursos humanos

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DAD023

Graduação em Administração de Empresas, com registro no Órgão de Classe.

Gestão e administração da Política de RH da empresa; coordenação das equipes do Departamento; assessoramento à Diretoria para tomada de decisões relativas à área de capacitação e de formação de pessoas.

 

Subárea: 01.6 – Auditagem de sistemas de qualidade

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DTE022

Graduação em Administração de Empresas, com registro no Órgão de Classe. Experiência mínima de 05 anos, na subárea.

Realização de auditorias do Sistema de Gestão da Qualidade NBR ISO 9001:2000; negociação de propostas comerciais; responsabilidade sobre processos administrativos do setor; elaboração de cadastro de auditores; controle de horas de auditoria e análise de propostas comerciais.

 

Subárea: 01.7 – Técnico de avaliação de conformidade

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DTE024

Graduação em Administração de Empresas, com registro no Órgão de Classe. Experiência mínima de 05 anos, na subárea.

Execução de atividade de desenvolvimento, implementação e gerenciamento de programas de avaliação da conformidade; execução de atividades de avaliação técnica de meios de hospedagem.

 

Subárea: 01.8 – Administração financeira

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DAD007

Graduação em Administração de Empresas ou Ciências Contábeis, com registro no respectivo Órgão de Classe. Experiência mínima de 03 anos, na subárea.

Controle de movimentação financeira; controle de contas a receber; controle de contas a pagar; controle do fluxo de caixa; atendimento a clientes internos e externos.

 

Subárea: 01.9 – Análise de processos

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DAD026

Graduação em Administração de Empresas, Ciências Contábeis, com registro no respectivo Órgão de Classe.

Análise de negócios; levantamento de requisitos e diagnóstico de necessidades do usuário; acompanhamento do desempenho em produção, sugerindo otimizações, implementações de medidas corretivas necessárias; planejamento, organização e controle das manutenções dos sistemas e softwares instalados na empresa; análise de necessidades de informações, sugerindo alternativas de soluções técnicas; definição de rotinas de controle do acesso, segurança, integridade e recuperação de dados dos sistemas; assessoramento técnico quanto a prazos, recursos e alternativas de desenvolvimento e manutenção dos sistemas; fornecimento de treinamentos relativos à utilização dos sistemas e ferramentas de acesso e de manipulação dos dados; análise, avaliação e implantação de processos corporativos de implementação de Sistema de Gestão.

 

Área: 02 – Advocacia

 

Subárea: 02.1 – Advocacia

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

PRE007

Graduação em Direito, com registro na OAB.

Acompanhamento de procedimentos licitatórios; elaboração de editais; emissão de pareceres; elaboração de contratos administrativos, convênios com instituições nacionais e internacionais, termos de parcerias, planos de trabalho e demais instrumentos jurídicos afetos à Administração Pública; elaboração de contratos de Gestão; acompanhamento e orientação de sindicâncias; atuação na esfera judicial, em mandados de segurança e ações eventualmente propostas pelo INSTITUTO DE TECNOLOGIA DO PARANÁ ou em face do Instituto; análise e acompanhamento de processos administrativos em geral.

 

Área: 03 – Análise de Sistemas

 

Subárea: 03.1 – Operação de rede

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DAD032

Graduação em Ciências da Computação, Bacharelado em Informática, Engenharia da Computação, Engenharia Elétrica ou Engenharia Eletrônica, com registro no respectivo Órgão de Classe.

Análise de problemas e implementação de correções no ambiente operacional; instalação, gerenciamento, customização, manutenção e suporte à operação de recursos, infra-estrutura da rede WAN; planejamento de adequações com vistas à evolução da rede, melhorando a qualidade de serviços; análise da utilização e do desempenho das redes de computadores, efetuando adequações e suporte técnico; análise e implementação de novos recursos à rede; capacitação de usuários nas suas áreas de especialização.

 

Subárea: 03.2 – Administração de rede

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DAD028

Graduação em Ciências da Computação, Bacharelado em Informática, Engenharia da Computação, Engenharia Elétrica ou Engenharia Eletrônica, com registro no respectivo Órgão de Classe. Experiência mínima de 05 anos, na subárea.

Desenvolvimento e implementação de projetos de redes de computadores, definindo a topologia e configuração; avaliação, especificação e dimensionamento dos recursos de comunicação de dados; análise de problemas e implementação de correções no ambiente operacional; instalação, gerenciamento, customização, manutenção e suporte à operação de recursos, infra-estrutura da rede WAN, serviços de rede e sistemas de segurança de acesso de ambientes computacionais heterogêneos; planejamento de adequações com  vistas à evolução da rede, melhorando a qualidade dos serviços; análise da utilização e do desempenho das redes de computadores, efetuando adequações; suporte técnico e consultoria à implantação e ao uso adequado dos recursos da rede; prospecção, análise e implementação de novos recursos à rede; análise de viabilidade de implantação de novas aplicações no sistema operacional da empresa; capacitação de usuários nas suas áreas de especialização; desenvolvimento de métodos e padrões de uso dos softwares utilizados.

 

Subárea: 03.3 – Desenvolvimento de sistemas

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DAD027

Graduação em Ciências da Computação, Bacharelado em Informática, Engenharia da Computação, Tecnólogo em Processamento de Dados, com respectivo registro no Órgão de Classe.

Elaboração de planejamento estratégico de sistemas; desenvolvimento e manutenção de sistemas de pequeno, médio e grande portes; realização de análises de alternativas técnicas de utilização de software e hardware; análise de negócios, levantamento de requisitos e diagnóstico das necessidades de sistemas; acompanhamento dos sistemas em produção, sugerindo otimizações e implementação de medidas corretivas necessárias; planejamento organização e controle das manutenções dos sistemas instalados na empresa; análise das necessidades de informações, sugerindo alternativas de soluções técnicas e estratégias de desenvolvimento de sistemas; fazer a especificação dos projetos lógicos e físico de sistemas, segundo normas e metodologias adotadas; definir as rotinas de controle de acesso, segurança, integridade e recuperação de dados dos sistemas; prestar assessoramento técnico quanto a prazos, recursos e alternativas de desenvolvimento e manutenções de sistemas; fornecimento de treinamento relativo à utilização dos sistemas e ferramentas de acesso e manipulação de dados; efetuar alterações e manutenções necessárias ao bom funcionamento dos sistemas; capacitação de usuários em suas áreas de especialização.

 

Subárea: 03.4 – Administração de banco de dados

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DTE025

Graduação em Ciências da Computação, Bacharelado em Informática, Engenharia da Computação, com respectivo registro no Órgão de Classe.

Definição e coordenação na utilização de sistemas, implantando e documentando rotinas e projetos, controlando os níveis de serviço de sistemas operacionais e banco de dados; oferecimento de suporte técnico no uso de equipamentos e programas computacionais e no desenvolvimento de ferramentas e aplicativos de apoio; criação de banco de dados de sistema de informações.

 

Área: 04 – Assistência Social

 

Subárea: 04.1 – Assistência social

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DAD005

Graduação em Serviço Social, com registro no Órgão de Classe. Experiência mínima de 05 anos na área.

Administração e operacionalização de convênio INSS/Empresa; controle do PAB; montagem, digitação, entrega, controle e agendamento de perícias médicas; implantação, modificação, negociação e acompanhamento de benefícios; contato e assistência social à empregados afastados, realizando visitas domiciliares e hospitalares; atendimento direto de funcionários, relativos a problemas de ordem emocional, profissional, econômico, de saúde e familiar; realização de serviço social descentralizado; assessoramento à CIPA, realizando campanhas de saúde; desenvolvimento de programas educativos e ações de cidadania; administração de benefícios (inscrições, cancelamentos, reembolsos, assistência ao empregados relativos ao plano de saúde, odontológico e farmácia).

 

Área: 05 – Biologia

 

Subárea: 05.1 – Produção de antisoros, antígenos específicos e anticorpos

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DPR005

Graduação em Biologia, com registro no respectivo Órgão de Classe. Experiência mínima de 03 anos, na subárea.

Desenvolvimento de cultivo de Mycobacterium tuberculosis, M. bovis e M. avium em meios sólidos e líquidos para produção de PPD purificada; obtenção de culturas puras de Brucella abortus e Brucella canis para obtenção de antisoros; purificação de antisoros para obtenção de IgM e IgG; obtenção de hibridomas para produção de monoclonais; elaboração de POPs (Procedimentos Operacionais Padronizados) para os procedimentos envolvendo rotinas de manutenção de equipamentos e sistemas. Aplicação de BPF (Boas Práticas de Fabricação).

 

Subárea: 05.2 – Microbiologia e toxicologia

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DTE018

Graduação em Biologia, com registro no respectivo Órgão de Classe. Experiência mínima de 05 anos, na subárea.

 

Planejamento e realização de análises toxicológicas em produtos industriais, água, efluentes, cosméticos, alimentos, saneantes, descartáveis; elaboração de relatórios de ensaios e laudos técnicos; treinamento de técnicos e estagiários; elaboração de instruções de ensaio e de trabalho; planejamento e execução de análise microbiológica de identificação de fungos em água e ar; análise de identificação de algas microscópicas de água doce.

Observação: disponibilidade para escala de revezamento (feriados e finais de semana).

 

Subárea: 05.3 – Biologia celular e ultraestrutura

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DPR025

Graduação em Biologia, com registro no respectivo Órgão de Classe. Experiência mínima de 03 anos, na subárea.

Planejamento e realização de avaliações toxicológicas, em cultivo de células, de produtos industriais que entram em contato direto com o ser humano; elaboração de projetos de aprimoramento da tecnologia in vitro, com vistas à abertura do mercado para exportação; treinamento e supervisão de técnicos e estagiários; desenvolvimento de análises microscópicas e ultraestruturais; coordenação de projetos inter-institucionais; planejamento de bolsas de estudos, com elaboração dos respectivos relatórios e prestações de contas; desenvolvimento, validação e implementação de metodologias não normatizadas, através do uso de ferramentas para confiabilidade metrológica, de acordo com padrões internacionais; elaboração de relatórios de ensaios, laudos técnicos e pareceres de trabalho ininterrupto e de imprestabilidade de materiais.  

 

Subárea: 05.4 – Controle biológico de biotérios

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DPR026

Graduação em Biologia, com registro no respectivo Órgão de Classe. Experiência mínima de 03 anos, na subárea.

Coordenação reprodução de camundongos, ratos e cobaios com qualidade assegurada para utilização em testes biológicos e produção de imunobiológicos; controle de qualidade de camundongos neonatos, da secagem e manuseio em ambiente assepticamente controlado; controle de doenças bacterianas e virais em biotérios; controle sanitário na produção de animais de laboratório e projeção de barreiras sanitárias em plantas de biotérios; controle no uso de equipamentos de proteção e técnicas de segurança no manuseio de produtos químicos em ambiente de biotérios; macro e micro-ambientes em biotérios.

 

Área: 06 – Medicina Veterinária

 

Subárea: 06.1 – Produção de vacina para uso veterinário

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DPR011

Graduação em Medicina Veterinária, com registro no CRMV-Pr.

Produção de imunobiológicos virais em células monocamadas e em suspensão; execução de técnicas de DNA recombinante (PCR) para monitoramento de processos de produção de imunobiológicos; execução de métodos de fermentação em biorreatores; produção infecção e controle de células em monocamadas e em suspensão; Acompanhamento de coleta de amostras do produto para o controle da qualidade interno e externo.

 

Subárea: 06.2 – Produção de antígenos para uso veterinário

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DPR006

Graduação em Medicina Veterinária, com registro no CRMV-Pr. Experiência mínima de 03 anos na subárea.

Desenvolvimento de cultivo de células em monocamadas e em suspensão; infecção viral; titulação de anticorpos; soroneutralização, produção de vírus de leucose enzoótica bovina, obtenção de matéria prima por purificação e concentração viral; elaboração de kits para diagnóstico por imunodifusão; ELISA e soroneutralização; obtenção de imunoglobulinas anti-espécie; preparação de conjugado; purificação de anticorpos; obtenção e seleção de hibridomas para produção de monoclonais; utilização de cromatografia; eletroforese e westernblotting; elaboração de POPs (Procedimentos Operacionais Padronizados) para os procedimentos envolvendo rotinas de manutenção de equipamentos e sistemas.

 

Área: 07 – Enfermagem

 

Subárea: 07.1 – Enfermagem

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DAD020

Graduação em Enfermagem, com registro no Órgão de Classe. Experiência mínima de 03 anos, na área.

Desenvolvimento de atividades junto à equipe de saúde ocupacional, elaborando programas de prevenção e de promoção da saúde do trabalhador, vacinações, educação em saúde, controle e relatórios estatísticos da área; prestação de atendimento a primeiros socorros.

 

Área: 08 – Engenharia da Computação

 

Subárea: 08.1 – Pesquisa e desenvolvimento em inteligência artificial

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DTE041

Graduação em Engenharia da Computação, com respectivo registro no Órgão de Classe.

Planejamento e desenvolvimento de softwares avançados, relacionados à inteligência artificial, sistemas especialistas, redes neurais artificiais, ontologias e agentes cognitivos; participação de equipes de projetos de pesquisa e desenvolvimento de sistemas inteligentes, na especificação, projeto, construção, testes, validação e documentação; programação avançada na linguagem C++ em ambiente MS-Windows; utilização das linguagens PROLOG e Commom LISP; planejamento e realização de programas de aquisição do conhecimento, sua modelagem e representação para implementação em bases de conhecimentos de sistemas especialistas; elaboração de relatórios de projetos, propostas de projetos, artigos técnico-científicos em português e inglês; documentação de sistemas e instruções de trabalho.

 

Área: 09 – Engenharia Civil

 

Subárea: 09.1 – Engenharia de manutenção

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DAD013

Graduação em Engenharia Civil, com registro no respectivo Órgão de Classe. Experiência mínima de 03 anos, na subárea.

Planejamento e controle de obras públicas; elaboração de planilhas de custos de construção; elaboração de memoriais descritivos, especificações técnicas de materiais de construção e serviços; avaliação para a contratação de empresas de engenharia para obras públicas; coordenação de manutenção predial com equipe interna  e de terceiros; elaboração de relatórios de obras, cronogramas de obras; participação em comissão técnica para abertura de licitações; estudo e elaboração de lay-out de fluxo de produção.

 

Área: 10 – Engenharia Elétrica

 

Subárea: 10.1 – Acompanhamento de projetos de engenharia, projetos e obras

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DAD006

Graduação em Engenharia Elétrica, com registro no CREA-Pr. Experiência mínima de 05 anos, na subárea.

Acompanhamento de Projetos de Engenharia, projetos e obras; Coordenação de equipe de suporte à área de Engenharia e de Manutenção Corretiva; Planejamento da área de Engenharia e de Manutenção; Engenharia de Processos Biotecnológicos, com ênfase na Produção de insumos para a saúde (vacinas, antígenos, etc.).

 

Subárea: 10.2 – Metrologia e gestão de laboratório de calibrações elétricas

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DTE026

Graduação em Engenharia Industrial Elétrica, com registro no CREA-Pr. Experiência mínima de 05 anos, na subárea.

Execução e coordenação das atividades de calibração; operação do Sistema de Garantia da Qualidade de laboratório; assegurar a conformidade dos serviços prestados pelo laboratório à NBR ISO/IEC 17205; responsabilidade técnica sobre as atividades de calibração do laboratório; manutenção e desenvolvimento de metodologias de calibração de padrões e instrumentos, incluindo a avaliação da incerteza de medição; elaboração e coordenação de projetos de pesquisa e desenvolvimento em Tecnologia Industrial Básica(TIB); desenvolvimento de planilhas eletrônicas para cálculo de incerteza e análise de resultados de medição; apoio tecnológico às atividades de Validação de Processos, segundo ANVISA RDC 210; realização de auditorias internas em sistemas da qualidade, com base nas normas ISO 9001:2000 e NBR ISO/IEC 17025.

 

Subárea: 10.3 – Metrologia elétrica

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DTE027

Graduação em Engenharia Elétrica ou Engenharia Industrial Elétrica com registro no CREA-Pr.

Execução de atividades de calibração; operação do Sistema de Garantia da Qualidade do Laboratório; assegurar a conformidade dos serviços prestados pelo laboratório à NBR ISO/IEC 17025; manutenção e desenvolvimento de metodologias de calibração de padrões e instrumentos, incluindo a avaliação de incerteza da medição; desenvolvimento de planilhas eletrônicas para o cálculo de incerteza e análise de resultados de medição; apoio tecnológico às atividades de Validação de Processos, segundo ANVISA RDC 210.

 

Área: 11 – Engenharia de Madeiras

 

Subárea: 11.1 – Análise físicas e físico-químicas de madeiras

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DTE047

Graduação em Engenharia Madeireira, ou Engenharia Química, ou Engenharia Florestal, com registro no respectivo Órgão de Classe.

Execução de ensaios para caracterização das propriedades físicas dos produtos de madeira. Execução de ensaios para determinação da emissão de formaldeído livre em produtos de madeira; elaboração de pareceres, laudos técnicos e interpretação de resultados de ensaios, de acordo com as normas de especificação de produtos como ABNT NBR 14810/14535/14833, EM 13986, entre outras afins; validação de métodos analíticos não normatizados através do uso de limites de detecção, demonstração de capabilidade e cartas de controle; elaboração de especificações técnicas para equipamentos e serviços de laboratório; avaliação de subcontratados para serviços de calibração e análise; análise de certificados de calibração; gestão da qualidade: ABNT  NBR ISO 9001/2000 e ISO/IEC 17205 (validação de métodos de ensaio, ferramentas estatísticas, confiabilidade aplicada a ensaios químicos, determinação da incerteza de medições em análises químicas.

 

Área: 12 – Engenharia Mecânica

 

Subárea: 12.1 – Inspeção técnica veicular (Maringá)

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DTE038

Graduação em Engenharia Mecânica, com registro no Órgão de Classe. Experiência mínima de 03 anos, na área. Carteira Nacional de Habilitação tipo AE.

Planejamento, Coordenação e realização de inspeções em veículos automotivos; elaboração e aplicação de plano de manutenção, verificação intermediária e calibração de equipamentos; treinamento de técnicos e de estagiários; responsabilidade por emissão de documentos; elaboração de relatórios de ensaios, laudos técnicos na área de segurança veicular; elaboração de instruções de ensaio e de trabalho.

Observação: disponibilidade para a realização de viagens.

 

Subárea: 12.2 – Metrologia mecânica

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DTE048

Graduação em Engenharia Mecânica, com registro no Órgão de Classe.

Execução de atividades de calibração; operação de Sistema de garantia da Qualidade do laboratório; assegurar a conformidade dos serviços prestados pelo laboratório à NBR ISO/IEC 17025; manutenção e desenvolvimento de metodologias de calibração de padrões e instrumentos, incluindo a avaliação da incerteza de medição; desenvolvimento de planilhas eletrônicas para cálculo da incerteza e análise de resultados de medição; apoio tecnológico às atividades de Validação de Processos segundo ANVISA RDC 210.

 

Área: 13 – Engenharia Química

 

Subárea: 13.1 – Engenharia de processos biotecnológicos

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DPR009

Graduação em Engenharia Química ou Engenharia de Bioprocessos, com registro no Órgão de Classe.

Execução de atividades de acompanhamento de produção de biotecnológicos em todas as suas etapas, desde a planta piloto até a implantação da produção industrial; supervisão da área de utilidades para estes processos, envolvendo sistemas de salas limpas, água pura, vapor e ar comprimido puro; atuação na área de manutenção de equipamentos e sistemas de produção de produtos biotecnológicos; elaboração de POPs (Procedimentos Operacionais Padronizados) para os procedimentos envolvendo rotinas de manutenção de equipamentos e sistemas; elaboração das especificações técnicas para aquisição de equipamentos e acompanhamento da implantação dos mesmos, até validação final.

 

Subárea: 13.2 – Materiais metálicos e gestão de laboratório de materiais metálicos

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DTE001

Graduação em Engenharia Química, com registro no Órgão de Classe. Experiência mínima de 05 anos, na subárea.

Planejamento e implantação de metodologias para a realização de controle químico metalúrgico em materiais metálicos (ferrosos e não-ferrosos), corrosão (diagnóstico, causa, tratamentos) e tecnologias de tratamento e modificação de superfícies metálicas. Coordenação das pesquisas e dos trabalhos desenvolvidos no laboratório de materiais metálicos; supervisão de técnicos do laboratório; responsabilidade na emissão de documentos; desenvolvimento e validação de metodologias não normatizadas através do uso de ferramentas para confiabilidade metrológica; elaboração de instruções de ensaio e de trabalho, de acordo com o Sistema ISO 9001 e ISO 17025. 

 

Subárea: 13.3 – Extensão tecnológica

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DTE043

Graduação em Engenharia Química, ou Bacharelado em Química ou Química Industrial, com registro no respectivo Órgão de Classe.

Planejamento, coordenação e execução de projetos para a melhoria ou desenvolvimento de produtos e processos; elaboração de relatórios e estatísticas; orientação e treinamento de técnicos e estagiários; elaboração de documentação técnica de pesquisas e projetos e de equipamentos desenvolvidos; elaboração de instruções e procedimentos de trabalho.

 

Área: 14 – Farmácia

 

Subárea: 14.1 – Gestão e análises físico-químicas em laboratório de alimentos

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DTE006

Graduação em Farmácia Industrial e Bioquímica, com registro no CRF-Pr. Experiência mínima de 05 anos, na subárea.

Administração de laboratório físico-químico de alimentos; elaboração de planejamento estratégico de atividades para o laboratório; administração e supervisão do laboratório, de acordo com as normas ISO 9001 e 17025; planejamento e controle das atividades de ensaios e projetos operados pelo laboratório; interpretação e avaliação dos resultados dos ensaios, com base nas legislações, tipo de material e solicitação do cliente; elaboração de laudos, relatórios e pareceres de ensaios técnicos; desenvolvimento de projetos institucionais para Órgãos de fomento; acompanhamento de auditorias internas e externas como responsável pelo laboratório; supervisão da manutenção de equipamentos do laboratório; planejamento e coordenação da calibração de equipamentos do laboratório; treinamento de recursos humanos nas áreas técnicas e administrativas do laboratório.

 

Subárea: 14.2 – Produção de imunobiológicos

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DPR008

Graduação em Farmácia Industrial, com registro no CRF-Pr.

Preparação de meios de cultura e reativos utilizados em técnica de titulação de vírus rábico in vitro e in vivo; organização das atividades de produção de imunobiológicos, com elaboração de relatório, de acordo com as normas de BPF; planejamento de aquisição de insumos e de equipamentos; controle e acompanhamento do processo de elaboração de imunobiológicos (vacina), especialmente em biorreatores industriais.

 

Subárea: 14.3 – Toxicologia

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DTE019

Graduação em Farmácia Industrial, com registro no CRF-Pr.

Planejamento e realização de análises toxicológicas, como: irritação dérmica primária. Irritação dérmica cumulativa, irritação ocular, sensibilização dérmica, DL50 oral, DL50 dérmica; toxicidade aguda, sistêmica e intradérmica; inocuidade específica; pirogênio in vivo; toxicidade subcrônica 28 dias, em produtos industriais; manejo de animais de laboratório; elaboração de relatórios de ensaios e laudos técnicos; treinamento e supervisão de atividade de técnicos e estagiários; responsabilidade pela emissão de documentos; elaboração de instruções de ensaio e de trabalho; elaboração e aplicação de plano de manutenção, verificação intermediária e calibração de equipamentos.

Observação: Disponibilidade para escala de revezamento (feriados e fins de semana).

 

Subárea: 14.4 – Técnica em sistema de gestão da qualidade

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

PRE005

Graduação em Farmácia Industrial, com registro no CRF-Pr.

Execução e supervisão das atividades para a manutenção e melhoria do Sistema de Gestão da Qualidade nas áreas administrativas, de prestação de serviços e de produção, apoio tecnológico às atividades de validação de equipamentos, sistemas e processos, segundo a RDC 210 da ANVISA.

 

Subárea: 14.5 – Controle da qualidade em imunobiológicos e fármacos

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

PRE010

Graduação em Farmácia Industrial, com registro no CRF-Pr.

Executa o controle da qualidade de matérias-primas e produtos de imunobiológicos e fármacos, conforme as Boas Práticas de Fabricação e o Sistema de Gestão da Qualidade.

 

Subárea: 14.6 – Controle da qualidade de produtos biológicos

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

PRE001

Graduação em Farmácia Industrial, com registro no CRF-Pr; Experiência mínima de 05 anos, na subárea.

Planejamento, realização e interpretação de ensaios físico-químicos e microbiológicos em imunobiológicos; treinamento e supervisão de técnicos e estagiários; responsabilidade pela emissão de documentos; desenvolvimento e validação de metodologias não normatizadas, através do uso de ferramentas para confiabilidade metrológica; elaboração de ensaios, instrução de uso de equipamentos; planejamento de materiais e insumos para garantir a execução das atividades do laboratório; coordenação da equipe responsável pelas atividades suportes (lavagem, preparação e esterilização de materiais. Preparação e esterilização de meios de cultura, soluções e reagentes) para execução dos ensaios de controle da qualidade.

 

Área: 15 - Física

 

Subárea: 15.1 – Físico-química de instrumental analítico

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DTE007

Graduação em Física (Bacharelado). Experiência mínima de 03 anos, na subárea.

Instrumentação – Conhecimentos sobre manutenção preventiva, calibração e qualificação operacional de sistemas cromatográficos, equipamentos cromatográficos a gás com detectores de ionização de chama (FID) e detectores específicos, captura de elétrons (ECD) ; nitrogênio e fósforo (NPD) e condutividade térmica (TCD); espectrometria de massas acoplada à cromatografia a gás (CG/MS); equipamentos cromatográficos a líquido com detectores de fluorescência (FLD); arranjos de diodos (DAD) e índice de refração (RI); equipamentos espectrofotometria UV-VIS; confiabilidade metrológica; validação de métodos analíticos; determinação da incerteza de medição de processos analíticos; ensaios de proficiência; métodos estatísticos aplicados à garantia da confiabilidade analítica.

 

Área: 16 – Gestão da Informação

 

Subárea: 16.1 – Informações tecnológicas

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DTE044

Graduação em Gestão da Informação ou Biblioteconomia.

Planejamento, coordenação e execução do gerenciamento do acervo técnico; elaboração de estatísticas e de relatórios; elaboração de plano de manutenção do acervo; coordenação, desenvolvimento e acompanhamento da implantação de sistemas de informação; elaboração de pesquisa e de monitoramento da informação; desenvolvimento e implantação dos serviços de informação; treinamento de técnicos e de estagiários; elaboração de instruções e procedimentos de trabalho.

 

Área: 17 – Química

 

Subárea: 17.1 – Análises físico-químicas em produtos de madeira, papel e celulose, corrosão e produtos petroquímicos

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DTE013

Graduação em Química (Bacharelado), ou Química Industrial, com registro no respectivo Órgão de Classe. Experiência mínima de 05 anos, na subárea.

Planejamento, controle e execução de análises físico-químicas em revestimentos têxteis, tecidos, madeiras, papel e papelão; ensaios físicos em móveis; implantação de metodologias alternativas; elaboração de especificidades técnicas para serviços de laboratório quando não existem oficiais; treinamento de técnicos e estagiários; elaboração de laudos técnicos e relatórios de ensaios; realização de análises químicas baseadas em gravimetria; ensaios e avaliações de corrosão em materiais metálicos revestidos e não revestidos por névoa salina e atmosfera úmida saturada; ensaios físico-químicos em  produtos de petróleo; gestão da qualidade: ABNT NBR ISO 9001/2000 e ISO/IEC 17025 (validação de métodos de ensaio, ferramentas estatísticas, confiabilidade aplicada a ensaios químicos; determinação da incerteza de medições em análises químicas).

 

Subárea: 17.2 – Análises físico-químicas em materiais poliméricos

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DTE014

Graduação em Bacharelado em Química ou Química Industrial, com registro no respectivo Órgão de Classe. Experiência mínima de 05 anos, na subárea.

Planejamento, controle e execução de análises físico-químicas em materiais poliméricos. Elaboração de laudos técnicos e interpretação de resultados de ensaios, bem como de gráficos de dados analíticos de acordo com metodologias ABNT, ASTM, DIN e outros métodos oficiais; implantação de metodologias alternativas; elaboração de especificidades técnicas para serviços de laboratório, quando não existem oficiais; treinamento de técnicos e estagiários; realização de calibrações e análises em equipamentos que se aplicam a materiais poliméricos; análise crítica de certificados de calibração; realização de auditorias internas em laboratórios de ensaio; execução de análises físico-químicas baseadas nas técnicas de gravimetria, espectrofotometria (UV-VIS); interpretação de espectrogramas de infravermelho; elaboração de soluções padrão e reagentes; inserção e avaliação de curvas de calibração e curvas padrão; gestão da qualidade: ABNT NBR ISSO 9001/2000 e ISO/IEC 17025 (validação de métodos de ensaio, ferramentas estatísticas, confiabilidade aplicada a ensaios químicos, determinação da incerteza de medições em análises químicas).

 

Subárea: 17.3 – Análises físico-químicas e instrumental

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DTE045

Graduação em Bacharelado em Química ou Química Industrial, com registro no respectivo Órgão de Classe.

Planejamento e execução de análises físico-químicas instrumentais; execução de serviços de calibração, manutenção preventiva e manutenção corretiva básica em equipamentos de laboratório; interpretação de resultados de ensaios físico-químicos e elaboração de pareceres, de acordo com a legislação vigente; implantação e validação de métodos físico-químicos; implantação de procedimentos para verificação de confiabilidade metrológica dos resultados analíticos; elaboração de especificações técnicas para equipamentos e serviços de laboratório; treinamento de técnicos e de estagiários; elaboração de projetos científicos e tecnológicos para as agências de fomento.

 

Subárea: 17.4 – Análises físico-químicas em saneantes e domissanitários

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DTE015

Graduação em Bacharelado em Química ou Química Industrial, com registro no respectivo Órgão de Classe. Experiência mínima de 05 anos, na subárea.

Planejamento e realização de análises físico-químicas em saneantes e domissanitários, tintas e vernizes. Elaboração de laudos técnicos e interpretação de resultados de ensaios de acordo com normas da ABNT, ANVISA e portarias do Ministério da Saúde. Elaborar curvas de calibração e padrões na análise de grau de biodegradabilidade. Domínio na utilização de potenciômetros e espectrofotômetro de UV-VIS e viscosímetros (Stormer, Ford e Brookfield). Executar análises químicas baseadas em titulometria, potenciometria, espectrofotometria e cromatografia. Treinar estagiários e bolsistas para realização de ensaios de rotina. Analisar e avaliar tintas para sinalização viária conforme instrução de trabalho do laboratório e certificadas pelo sistema da qualidade e normas ABNT pertinentes. Capacidade de adaptar metodologias alternativas quando não existirem métodos oficiais ou normatizados. Assessoria em empresas produtoras de saneantes e domissanitários em problemas com formulações. Gestão da qualidade: ABNT NBR ISO 9001/2000 e ISO/IEC 17025 (validação de métodos de ensaio, ferramentas estatísticas, confiabilidade aplicada a ensaios químicos, determinação da incerteza de medições em análises químicas).

 

Subárea: 17.5 – Cromatografia preparativa e analítica

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DPR010

Graduação em Bacharelado em Química ou Química Industrial, com registro no respectivo Órgão de Classe.

Planejamento e controle das análises cromatográficas (CG e HPLC) para compostos protéicos e polissacarídicos; validação de métodos de análise cromatográfica e implantação de metodologias alternativas; elaboração de especificações técnicas para equipamentos e serviços de laboratório;  interpretação de resultados das análises realizadas, com elaboração de relatório técnico.

 

Subárea: 17.6 – Análises físico-químicas e cromatografia líquida

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DTE032

Graduação em Bacharelado em Química ou Química Industrial, com registro no respectivo Órgão de Classe. Experiência mínima de 03 anos, na subárea.

Preparação de amostras para a determinação de compostos químicos por cromatografia líquida e espectrofotometria de UV-VIS, planejamento e realização de ensaios físico-químicos em medicamentos, desenvolvimento  de métodos de dissolução e validação (dissolução de comprimidos); friabilidade, dureza, desintegração e umidade, verificação intermediária e calibração de equipamentos; desenvolvimento e validação de metodologias não normatizadas, auditoria interna de acordo com a norma ISO 9001/2000 e NBR ISO 19011/2002 e Implantação da ISO/IEC 17025, manuseio e descarte de quimioterápicos antineoplásicos.

 

Subárea: 17.7 – Análises físico-químicas e cromatografia líquida e gasosa

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DTE033

Graduação em Bacharelado em Química ou Química Industrial, com registro no respectivo Órgão de Classe. Experiência mínima de 05 anos, na subárea.

Coleta e preparação de amostras para a determinação de elementos químicos por espectrometria de absorção atômica, cromatografia à gás ou cromatografia gasosa capilar (GC), espectrômetro de massa; planejamento e realização de ensaios físico-químicos em medicamentos e análises cromatográficas de resíduos de gás óxido de etileno e seus subprodutos em materiais médico-hospitalares; verificação intermediária e calibração de equipamentos; desenvolvimento e validação de metodologias não normatizadas, através do uso de ferramentas para confiabilidade metrológica; implantação da NBR ISO/IEC 17025; validação de métodos de ensaios ou análises químicas, ferramentas estatísticas, confiabilidade aplicada a ensaios químicos, determinação da incerteza de medições em análises químicas; atuação como auditor interno da qualidade de acordo com a norma ISO 9001/2000 e NBR 19011/2002.

 

Subárea: 17.8 – Análises físico-químicas em fertilizantes, calcários e resíduos sólidos

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DTE029

Graduação em Bacharelado em Química ou Química Industrial, com registro no respectivo Órgão de Classe. Experiência mínima de 05 anos, na subárea.

Análises em fertilizantes e corretivos, conforme portaria SNAD nº 31/82 do Ministério da Agricultura; métodos de decomposição de amostras para determinações por absorção atômica; gestão do laboratório; uso de ferramentas estatísticas como gráficos de controle, variabilidade em função da concentração (Horwitz), rejeição de valores (teste Q, teste de Grubbs), validação de metodologias; normas ISO 9001/2000 e ISO 17025; avaliação de fertilidade e de contaminantes em resíduos industriais para a sua aplicação em solos.

 

Subárea: 17.9 – Pesquisa de biodiesel

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DTE042

Graduação em Engenharia Química, Bacharelado em Química ou Química Industrial, com registro no respectivo Órgão de Classe.

Pesquisa de processos de obtenção de biodiesel em escala de laboratório e piloto, a partir de diferentes matérias-primas originadas da biomassa e utilizando tecnologias diversas. Suporte técnico a clientes interessados na produção de biodiesel. Elaboração de pareceres técnicos e interpretações de resultados de ensaios de acordo com as portarias da ANP aplicáveis ao biodiesel e outros combustíveis derivados do petróleo; implantação de metodologias alternativas de ensaios físicos e químicos de biodiesel, óleos vegetais, matérias-primas oriundas da biomassa  e combustíveis derivados do petróleo.

 

Subárea: 17.10 – Química Analítica de biodiesel

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DTE021

Graduação em Bacharelado em Química ou Química Industrial, com registro no respectivo Órgão de Classe. Experiência mínima de 05 anos, na subárea.

Planejamento, execução e interpretação de resultados de ensaios físico-químicos, espectroscópicos e cromatográficos  com base em metodologias normatizadas (NBR, DIN e ASTM) de derivados de petróleo, de biodiesel, das diversas matérias-primas para produção de biodiesel e de diversos tipos de biomassa; elaboração de relatórios de análise, pareceres técnicos e interpretações de resultados de ensaios de acordo com as portarias da ANP aplicáveis ao biodiesel e outros combustíveis derivados do petróleo; implantação de metodologias alternativas de análise de petróleo, biodiesel, das diversas matérias-primas para produção de biodiesel e de diversos tipos de biomassa.

 

Subárea: 17.11 – Metrologia Química

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DTE030

Graduação em Bacharelado em Química ou Química Industrial, com registro no Órgão de Classe.

Execução de atividades de calibração em química e em volumetria; operação dos Sistemas da Garantia da Qualidade do Laboratório; garantia da conformidade dos serviços prestados pelo laboratório à NBR ISO/IEC 17025; manutenção, desenvolvimento e validação de metodologias de calibração de padrões e instrumentos, incluindo a avaliação da incerteza da medição; desenvolvimento de planilhas eletrônicas para cálculo de incerteza e análise de resultados de medição; apoio tecnológico às atividades de Validação de Processos, segundo a RDC 210 da ANVISA.

 

Área: 18 – Tecnologia em Química Ambiental

 

Subárea: 18.1 – Tecnologias sociais e química ambiental

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DTE037

Graduação em Tecnologia Química Ambiental, com registro no Órgão de Classe.

Desenvolvimento de atividades em projetos na área de Tecnologias Sócio-ambientais; desenvolvimento e implementação de separação de embalagens laminadas e implementação de sistemas de tratamento de dejetos animais.

 

Subárea: 18.2 – Obras e meio ambiente

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DAD031

Graduação em Tecnologia Química Ambiental, com registro no Órgão de Classe.

Planejamento ambiental organizacional e estratégico, afetos a execução das políticas públicas de meio ambiente; orientação e fiscalização das atividades e obras, visando o cumprimento das legislações sanitária e ambiental; gerenciamento de resíduos sólidos, líquidos e gasosos, provenientes dos laboratórios de prestação de serviços e produção de imunobiológicos; elaboração e acompanhamento de processos de licenciamento as diversas áreas públicas (Vigilância Sanitária, Corpo de Bombeiros, IAP, SMMA); elaboração de projetos e desenhos técnicos, referentes a área de meio ambiente.

 

Área: 19 - Contabilidade

 

Subárea: 19.1 - Contabilidade

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DAD010

Graduação em Ciências Contábeis, com registro no Órgão de Classe. Experiência mínima de 03 anos.

Registros e lançamentos contábeis; conciliações dos registros contábeis, gerados através da utilização de sistemas integrados; manutenção dos planos de contas: contábeis, financeiros e orçamentários; apuração de impostos e contribuições; auxílio no planejamento tributário e nos encerramentos dos balancetes; consistência dos livros fiscais.

 

Área: 20 – Secretariado Executivo

 

Subárea: 20.1 – Secretariado Executivo

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

DAD008

Graduação em Secretariado Executivo, com registro no respectivo Órgão de Classe.

Assessoramento executivo; gerenciamento de informações; gerenciamento de atividades administrativas (agendas reuniões, etc); coordenação de equipes de apoio administrativo (auxiliares de secretaria; office-boys, estagiários); atendimento e encaminhamento de clientes internos e externos; organização de eventos e viagens.

 

Área: 21 - Assessoria

 

Subárea: 21.1 – Assessoria Executiva

Referência Vaga

Requisitos Específicos

Sumário das Funções

PRE009

Graduação em Letras Português-Inglês. Experiência mínima de 05 anos na área.

Assessoria técnica aos diretores; organização de reuniões, congressos, assembléias, simpósios, solenidades públicas, recepção de visitas e autoridades internacionais; atuação como tradutor em reuniões de trabalho e recepções; elaboração e revisão de documentos; atendimento ao público interno e externo.

 

03. DOS REQUISITOS BÁSICOS PARA A ADMISSÃO.

 

03.1.          Ter nacionalidade brasileira ou portuguesa e, em caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo estatuto de igualdade entre brasileiros e portugueses, com reconhecimento do gozo de direitos políticos (parágrafo 1º do art. 12 da Constituição Federal e Decretos Nºs 70391/72 e 70.436/72).

 

03.2.          Ter idade mínima de 18 (dezoito anos) na data da admissão.

 

03.3.          Estar em dia com as obrigações eleitorais e com as obrigações militares, para os candidatos do sexo masculino.

 

03.4.          Comprovar o nível de escolaridade exigido para o exercício do cargo e área de opção, na data de admissão.

 

03.5.          Para os cargos de técnico de nível médio e de nível superior, não serão aceitas escolaridades diferentes ou afins às descritas no campo ‘Requisitos Específicos’, item 02.2 deste Edital, ainda que supostamente superiores ao exigido.

 

03.6.          Comprovar a experiência profissional exigida no presente Edital, na data da admissão, onde conste, expressamente, a área e subárea de atuação. A comprovação deverá ser feita da seguinte forma:

 

a)   Comprovar a experiência exigida para o exercício do cargo, por meio de apresentação de cópia de CTPS (página de identificação do portador e página(s) do registro de emprego), acrescida de declaração do órgão ou empresa onde conste expressamente a área e subárea de atuação; ou, no caso de prestador de serviço público, mediante apresentação de certidão de tempo de serviço onde conste,

expressamente, a área e subárea de atuação, ambas emitidas pelo setor de pessoal ou equivalente.

 

b)       Para comprovação de experiência profissional no exterior, mediante apresentação de cópia de declaração do órgão ou empresa ou, no caso de prestador de serviço público, de certidão de tempo de serviço. Esses documentos somente serão considerados quando traduzidos para a língua portuguesa por tradutor juramentado.

 

c)       Após o somatório do(s) período(s) de experiência, a fração igual ou superior a 6 (seis) meses será convertida em um ano completo para a comprovação da experiência profissional na área, ou subárea, quando for o caso.

 

d)       Não será computado, como experiência profissional, o tempo de estágio profissional, ou estágio supervisionado ou monitoria.

 

03.7           Ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo.

 

03.8           Apresentar declaração de acúmulo de cargos.

 

03.9           Apresentar declaração de bens e valores que compõem o seu patrimônio privado.

 

03.10       Cumprir as determinações deste Edital.

 

03.11        Será vedada a admissão de ex-empregado do Instituto de Tecnologia do Paraná dispensado por justa causa ou em decorrência de inquérito administrativo ou servidor público exonerado a bem do serviço público.

 

04. DOS PROCEDIMENTOS PARA A INSCRIÇÃO E PAGAMENTO DA TAXA.

 

04.1.          A inscrição do candidato deverá ser efetuada no período compreendido entre 03 de junho a 16 de junho de 2005, somente via Internet, no endereço eletrônico da Coordenadoria de Processos Seletivos da Universidade Estadual de Londrina: www.cops.uel.br, onde existirá um “link” com o formulário para preenchimento destinado à participação no Concurso Público.

 

04.2.          O candidato poderá efetuar sua inscrição, a partir das 18 horas do dia 03 de junho de 2005 às 23 horas do dia 16 de junho de 2005.

 

04.3.          O valor da taxa de inscrição é de R$ 30,00 (trinta reais) para os cargos de Auxiliares; de R$ 60,00 (sessenta reais) para os cargos dos níveis Operacional e Técnico de Ensino Médio; e de R$ 100,00 (cem reais) para os cargos de Nível Superior.

 

04.4.          O pagamento da taxa de inscrição deve ser efetuado até o dia 17 de junho de 2005, em qualquer agência bancária ou casas lotéricas credenciadas pela Caixa Econômica Federal, com a apresentação do boleto bancário impresso no ato da inscrição.

 

04.5.          Antes de efetuar o recolhimento da taxa de inscrição, o candidato deverá certificar-se de que preenche todos os requisitos exigidos para a participação no Concurso Público, pois a taxa, uma vez paga, não será restituída em qualquer hipótese.

 

04.6.          Não serão aceitas escolaridades diferentes, ainda que afins, daquelas especificadas como ‘Requisitos Específicos’, item 02.2 deste Edital.

 

04.7.          No ato de inscrição, o candidato deverá se inscrever, escolhendo um único nível (auxiliar, operacional, técnico de nível médio ou nível superior) e, no nível escolhido, uma única área e, dentro da área escolhida, uma única subárea.

 

04.8.          Para efetivar a sua inscrição, o candidato deverá acessar o site www.cops.uel.br, onde encontrará o “link” para o Concurso Público do Instituto de Tecnologia do Paraná (TECPAR). Aberta a página, o candidato deverá marcar o campo onde declara conhecer o Edital do Concurso, e escolher o nível, a área e a subárea.

 

04.9.          Feita a escolha, o candidato visualizará o código Referência/Vaga, o número de vagas e os requisitos para concorrer à vaga de escolha. O candidato deverá informar os dados pessoais requisitados e digitar “Prosseguir”, caso sua opção esteja correta; ou “Alterar Vaga”, caso sua opção esteja incorreta.

 

04.10.      Uma vez efetivada a inscrição, com o pagamento da taxa, para uma área/subárea, não será admitida mudança de opção, qualquer que seja a razão alegada.

 

04.11.      É vedada a inscrição condicional e/ou extemporânea.

 

04.12.      A qualquer tempo poder-se-á anular a inscrição, as provas e a admissão do candidato, mesmo que já tenha sido homologado o resultado do Concurso, desde que verificada a prática de qualquer ilegalidade pelo candidato, tais como: falsidade nas declarações e/ou quaisquer irregularidades nas provas e/ou nos documentos apresentados.

 

04.13.      Os candidatos que necessitarem de qualquer tipo de atendimento diferenciado para a realização das provas deverão solicitá-lo por escrito à Coordenadoria de Processos Seletivos da UEL, localizada na Rodovia Celso Garcia Cid, nº 445, CEP 86051-990, Caixa Postal 6050, Em Londrina Pr, até o dia 23 de junho de 2005.

 

04.14.      A inscrição implica em compromisso tácito, por parte do candidato, de aceitar as condições estabelecidas no presente Edital e, eventualmente, nos demais que vierem a ser publicados para a realização do Concurso Público.

 

04.15.      A inscrição somente será aceita após a confirmação do pagamento da taxa de inscrição.

 

04.16.      A partir das 18 horas do dia 07 de julho de 2005, o candidato poderá verificar, no site www.cops.uel.br, em ordem alfabética o Edital de inscritos, com o status da sua inscrição, devendo, em caso de alguma irregularidade, protocolar recurso junto à Coordenadoria de Processos Seletivos da UEL, localizada na Rodovia Celso Garcia Cid nº 445, CEP 86051-990, Caixa Postal 6050, em Londrina, Paraná, nos seguintes horários: das 8:00 às 11:30 horas e das 14:00 às 17:00 horas, ou via SEDEX, no prazo de 48 (quarenta e oito) horas, contados a partir da data da publicação do Edital de Inscritos, no endereço acima.

 

04.17.      Em se tratando a correção apenas de dados cadastrais digitados incorretamente na inscrição, o candidato deverá informar via fax (0XX43 – 33284448) o que deve ser alterado, mencionando também os dados que identificam a sua inscrição.

 

04.18.      Os locais de realização das Provas e os endereços dos mesmos estarão disponíveis no site www.cops.uel.br, a partir das 18 horas do dia 22 de julho de 2005.

 

04.19.      A partir de 22 de julho de 2005 a Coordenadoria de Processos Seletivos da UEL enviará pelo Correio, a todos os candidatos, o Cartão de Inscrição, no qual estará indicado o local, o horário e endereço de realização da prova.

 

04.20.      O Cartão de Inscrição contém um espaço destinado à afixação de fotocópia do documento de identidade e outro à afixação de fotografia do candidato e somente será válido com a afixação da cópia de identidade e de fotografia, que deverá ser atual.

 

04.21.      O Cartão de Inscrição será exigido para o ingresso do candidato na sala de prova.

 

04.22.      Não haverá isenção, parcial ou total, do valor da taxa de inscrição.

 

04.23.      A Coordenadoria de Processos Seletivos da UEL não se responsabilizará por inscrições não recebidas, em decorrência de ordem técnica, falhas de comunicação, congestionamento de linhas de comunicação, bem como outros fatores de ordem técnica estranhos ao Sistema UEL-COPS que impossibilitem a transferência de dados.

 

04.24.      A pessoa com deficiência, conforme estabelecido pelo artigo 34 do Decreto Estadual N° 2.508/04, deverá declarar essa condição ao efetivar sua inscrição e, no período das inscrições, estabelecido por este Edital, deverá enviar à Coordenadoria de Processos Seletivos da UEL, via SEDEX: laudo médico atestando a espécie e o grau ou nível de deficiência, com expressa referência ao código correspondente, da Classificação Internacional da Doença – CID, bem como a provável causa da deficiência.

 

04.25.      A pessoa com deficiência poderá solicitar prova ampliada ou com presença de ledor, ou de atendimento especial para a realização da prova, indicando essas condições diferenciadas, durante o período de inscrição.

 

04.26.      A pessoa com deficiência poderá requerer tempo adicional para a realização da prova, caso seja essa uma necessidade do candidato, acompanhada de parecer emitido por especialista na área de sua deficiência, durante o período de inscrição.

 

04.27.      No ato de inscrição, o candidato com deficiência atestará que está ciente de que deverá submeter-se à avaliação de equipe multiprofissional, para a verificação da compatibilidade de sua deficiência com o exercício das atribuições explicitadas no presente Edital.

 

04.28.      As solicitações de condições especiais serão atendidas, obedecendo a critérios de viabilidade e de razoabilidade.

 

04.29.      O candidato com deficiência que não realizar a inscrição, de acordo com o disposto no item 04.25, não concorrerá à reserva de vagas para pessoas com deficiência e não receberá atendimento especial, não cabendo a interposição de recurso em favor da situação.

 

05. DA RESERVA DE VAGAS PARA AFRO-DESCENDENTES.

 

05.1      Pelo disposto na Lei Estadual N° 14.274, de 24 de dezembro de 2003, fica reservado o percentual de 10% (dez por cento) das vagas para afro-descendentes.

 

05.2       A reserva de vagas para afro-descendentes será aplicada, apenas, às vagas ofertadas nos seguintes níveis, áreas e subáreas:

 

 

Nível

Área

Subárea

Referênciavaga

Número de vagas

para afro-descendentes

Auxiliar

Auxiliar de Biotério

Biotério

DPR001

05

Auxiliar

Auxiliar de Produção

Produção de vacinas

DPR002

01

Auxiliar

Auxiliar de Produção

Fermentação e Cultivo Celular

DPR003

01

Operacional

Operador

Produção de Fármacos

DPR015

01

Total de Vagas para Afro-Descendentes

08

 

 

05.3       Não haverá reserva de vagas nos demais níveis, áreas e subáreas, em vista do quantitativo de vagas oferecido.

 

05.4           Os candidatos às vagas reservadas aos afro-descendentes participarão do Concurso em igualdade de condições com os demais candidatos no que concerne às exigências estabelecidas neste Edital, conforme o Artigo 2º da referida Lei.

 

05.5       Para efeitos do previsto neste Edital, será considerado afro-descendente aquele que assim se declarar expressamente no ato da inscrição e tiver pele de cor preta ou parda, não sendo assim considerado aquele que, embora afro-descendente, não tenha a pela de cor preta ou parda nem pertença à etnia negra, devendo tal informação integrar os registros cadastrais de ingresso de servidores, em conformidade com o disposto no Artigo 4º da Lei 14.274/2003.

 

05.6.     Detectada falsidade na declaração a que se refere o item anterior, sujeitar-se-á o infrator às penas da lei, cabendo-lhe, ainda:

 

            I – se já nomeado no cargo efetivo para o qual concorreu na reserva de vagas, utilizando-se de declaração inverídica, à pena disciplinar de exoneração;

 

            II – se candidato, à anulação da inscrição no Concurso Público e de todos os atos dela decorrentes.

           

06.  DA RESERVA DE VAGAS PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA.

 

06.1.     Às pessoas com deficiências, amparadas pelo artigo 37, inciso VIII da Constituição Federal; pela Lei Estadual Nº 13.456, de 11 de janeiro de 2002, e Decreto Estadual 2.508, de 20 de janeiro de 2004, fica reservado o percentual de 5% (cinco por cento) das vagas previstas.

 

06.2.     A reserva de vagas para pessoas com deficiência será aplicada, apenas, no seguinte nível, área e subárea:

 

Nível

Área

Subárea

Referência

vaga

Número de vagas

para Pessoas com Deficiência

Auxiliar

Auxiliar de Biotério

Biotério

DPR001

02

Total de vagas para pessoas com deficiência

02

 

06.3.     Não haverá reserva de vagas nos demais níveis, áreas e subáreas, em vista do quantitativo de vagas oferecido.

 

06.4.     São consideradas pessoas com deficiência aquelas que se enquadram nas categorias discriminadas no artigo 34 do Decreto Estadual Nº 2.508/2004.

 

06.5.     Fica assegurado à pessoa com deficiência o direito de inscrever-se no Concurso para provimento de cargo cujas atribuições sejam compatíveis com a sua deficiência, devendo ser observados os procedimentos específicos previstos no ato de inscrição, para que possa fazer uso das prerrogativas que lhe são facultadas.

 

06.6.     A pessoa com deficiência, resguardadas as condições previstas no Decreto Estadual Nº 2.508/2004, participará no Concurso em igualdade de condições com os demais candidatos no que concerne ao conteúdo da prova, à avaliação e aos critérios de aprovação, ao horário e ao local de aplicação da prova e à nota mínima exigida para os demais candidatos.

 

06.7.     O candidato com deficiência, se aprovado e classificado, terá apurada a compatibilidade do exercício das atribuições do cargo e área/subárea de atuação com a deficiência de que é portador, mediante avaliação por equipe multiprofissional especialmente constituída, nos termos da legislação vigente.

 

06.8.     A avaliação de que trata o item anterior será realizada por equipe multiprofissional designada pela Coordenadoria de Processos Seletivos da UEL, antes da data de nomeação do candidato.

 

06.9.     A publicação do resultado final do Concurso será feita em três listas, contendo as respectivas áreas e subáreas, assim organizadas: a primeira conterá a classificação geral de todos os candidatos aprovados, incluindo os afro-descendentes e as pessoas com deficiência; a segunda, relativa apenas às vagas estabelecidas no subitem 05.2. deste Edital, conterá tão somente a classificação dos afro-descendentes; e a terceira, relativa apenas às vagas estabelecidas no subitem 06.2 deste Edital, conterá tão somente a classificação das pessoas com deficiência.

 

06.10.   Na inexistência de candidatos inscritos, aprovados ou habilitados para todas as vagas destinadas aos afro-descendentes ou às pessoas com deficiência, as remanescentes serão ocupadas pelos demais candidatos aprovados e habilitados, observada a ordem geral de classificação em cada área/subárea.

 

06.11.   Os candidatos que se inscreverem como afro-descendentes ou como pessoas com deficiência, poderão ocupar, além da vagas que lhes são destinadas por Lei, as vagas universais, desde que aprovados e habilitados e observada a ordem geral de classificação em cada área/subárea.

 

07. DA VERIFICAÇÃO DA COMPATIBILIDADE DA DEFICIÊNCIA COM O DESEMPENHO DA FUNÇÃO.

 

07.1.     O candidato que, no ato de inscrição, se declarar deficiente, será convocado por edital próprio para avaliação da compatibilidade de sua deficiência com o exercício das atribuições do cargo ao qual se inscreveu.

 

07.2.     Para o cumprimento do disposto no item anterior, será constituída pelo Instituto de Tecnologia do Paraná – TECPAR – , equipe multiprofissional composta de quatro profissionais capacitados, sendo um deles médico e especialista na deficiência em questão, e três profissionais integrantes do Instituto de Tecnologia do Paraná, vinculados à área/subárea pleiteada pelo candidato.

 

07.3.         A equipe multiprofissional de que trata o item anterior emitirá parecer observando:

 

                                       I.      As informações prestadas pelo candidato no ato da inscrição.

                                     II.      A natureza das atribuições e tarefas essenciais do cargo a desempenhar.

 

                                    III.      A possibilidade de uso, pelo candidato, de equipamentos e outros meios que habitualmente utilize.

 

                                  IV.      O CID – Código de identificação da Doença e outros padrões reconhecidos nacional e internacionalmente.

 

07.4.     Na hipótese da pessoa com deficiência ser considerada inapta ao exercício da função, será constituída, de ofício, no prazo de 30 (trinta) dias, Junta Médica para os exames, sendo o fato comunicado ao Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa Portadora de Deficiência.

 

07.5.     Da Junta Médica de que trata o item anterior farão parte, no mínimo, um médico clínico, dois médicos especialistas na área de deficiência do candidato e um médico com conhecimentos de reabilitação da mesma deficiência, sendo facultado ao candidato indicar um médico para integrar a Junta Médica.

 

07.6.     Mantida pela Junta Médica a inaptidão, poderá o candidato, não sendo unânime o laudo, recorrer no prazo de 30 (trinta) dias, ao Diretor Presidente do Instituto de Tecnologia do Paraná, que decidirá sobre a matéria, ouvido o Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa Portadora de Deficiência.

 

07.7.     A deficiência existente, quando da nomeação para o cargo, não poderá ser argüida ou utilizada para justificar mudança de função.

 

08. DAS PROVAS.

 

08.1.         As provas terão caráter classificatório e estarão constituídas de questões objetivas e, em alguns casos, de questões discursivas, conforme discriminado por áreas e subáreas.

 

08.2.         Estarão classificados todos os candidatos que apresentarem, no conjunto das questões objetivas ou objetivas/discursivas ou objetivas/práticas, quando for o caso, nota diferente de zero.

 

08.3.         No caso específico dos Auxiliares de Biotério, será aplicada uma prova prática, com o intuito de verificar habilidades específicas.

 

08.4.         As Provas Objetivas ou Objetivas/Discursivas, quando for o caso, serão aplicadas no dia 21 de agosto de 2005, às 14:00 horas nos locais a serem divulgados em Edital específico e no Cartão de Inscrição dos candidatos.

 

08.5.         O candidato deverá comparecer ao local designado para a realização da Prova às 13:00 horas, munido de caneta esferográfica com tinta preta, Cartão de Inscrição com fotografia 3x4 colorida atual e documento original de identidade.

 

08.6.         Os portões de acesso aos locais de realização da Prova serão abertos às 13:20 horas, e fechados às 14:00 horas, estando impedido, por qualquer motivo, o acesso dos candidatos aos locais de prova após este horário.

 

08.7.         A Prova Prática aos Auxiliares de Biotério de que trata o item 08.4., será realizada entre os dias 22 e 23 de agosto de 2005.

 

08.8.         O Edital com a indicação dos locais da Prova estará disponível nos endereços eletrônicos: www.cops.uel.br e www.tecpar.br, a partir de 22 de julho de 2005.

 

08.9.         Os locais e horários da Prova Prática para os Auxiliares de Biotério serão publicados em Edital específico, disponível nos endereços eletrônicos www.cops.uel.br e www.tecpar.br, a partir de 22 de julho de 2005.

 

08.10.     Serão considerados documentos de Identidade: Carteiras expedidas pelos Comandos Militares, pelas Secretarias de Segurança Pública e pelos Institutos de Identificação, carteiras expedidas pelos órgãos fiscalizadores de exercício profissional (Ordem, Conselho, etc), passaporte; certificado de reservista; carteiras funcionais do Ministério Público; carteiras funcionais expedidas por órgão público que, por Lei federal, valham como identidade; carteira de trabalho; carteira nacional de habilitação, desde que com foto.

 

08.11.     Não serão aceitos como documentos de identidade: certidões de nascimento, títulos eleitorais, carteira nacional de habilitação sem foto, carteiras de estudante, carteiras funcionais sem valor de identidade, documentos ilegíveis, não identificáveis e/ou danificados.

 

08.12.     Não será aceita cópia de documento de identidade, ainda que autenticada, nem protocolo de documento.

 

08.13.     Não será aplicada Prova, em qualquer hipótese, em local ou data ou em horário diferente dos predeterminados no Edital específico e no Cartão de Inscrição do candidato.

 

08.14.      Não será permitida, durante a realização da Prova, a comunicação entre os candidatos, nem a utilização de máquinas calculadoras e/ou similares, livros, anotações, réguas de cálculo, impressos ou qualquer outro material de concurso.

 

08.15.      Não será permitida, no dia da realização da Prova, a entrada de candidatos portando aparelhos eletrônicos (bip, telefone celular, walkman, notebook, receptor, gravador, etc.). Caso o candidato porte qualquer um desses objetos, eles deverão ser entregues ao Fiscal de Sala, que os devolverá ao final da prova. O descumprimento da presente instrução implicará na eliminação do candidato, caracterizando-se como tentativa de fraude.

 

08.16.      Não será permitida, durante a realização da Prova, a utilização de gorros, bonés e de relógios, que deverão ser guardados pelos candidatos em local que impeça a visibilidade. O controle e informação do tempo serão feitos pelos fiscais de sala.

 

08.17.      O não comparecimento à Prova Objetiva ou Objetiva/Discursiva, ou à Prova Prática, quando for o caso, implicará na eliminação do candidato.

 

08.18.      As questões objetivas de todos os candidatos serão corrigidas por meio de processamento eletrônico.

 

08.19.      As questões discursivas, quando for o caso, serão corrigidas por banca especialmente designada pela Coordenadoria de Processos Seletivos da UEL.

 

08.20.      A duração da Prova Objetiva ou Objetiva/Discursiva, quando for o caso, será de 04 (quatro) horas, incluindo o tempo para o preenchimento do Cartão-Resposta e o preenchimento das folhas definitivas das questões discursivas, quando for o caso.

 

08.21.      O tempo de duração da Prova poderá ser maior para os candidatos com deficiência que requereram tempo adicional e obtiveram deferimento.

 

08.22.      É de responsabilidade do candidato verificar o horário de início da realização da prova e o prazo do preenchimento do Cartão-Resposta.

 

08.23.      As respostas às questões objetivas serão transcritas para o Cartão-Resposta com caneta esferográfica com tinta preta, devendo o candidato assinalar uma única resposta para cada questão.

 

08.24.      Não serão computadas questões não assinaladas ou que contenham mais de uma resposta, emenda ou rasura.

 

08.25.      O candidato assume plena e total responsabilidade pelo correto preenchimento do Cartão-Resposta e pela sua integridade e, em nenhuma hipótese haverá substituição do mesmo, salvo em caso de defeito de impressão.

 

08.26.      As folhas de respostas definitivas das questões discursivas, quando exigidas, deverão ser transcritas com caneta esferográfica com tinta preta ou azul.

 

08.27.      O candidato somente poderá retirar-se da sala de Prova após decorrida 01 (uma) hora do início da mesma, devendo entregar aos aplicadores o caderno de prova, o Cartão-Resposta, as folhas de rascunhos, as folhas definitivas de respostas das questões discursivas, quando for o caso.

 

08.28.      Durante a realização da Prova, não será permitido ao candidato ausentar-se do recinto, a não ser em caso especial e acompanhado por um componente da equipe de execução do Concurso.

 

08.29.      A candidata que tiver necessidade de amamentar durante a realização da prova deverá levar um acompanhante, que ficará em sala reservada para essa finalidade e que será responsável pela guarda da criança. A candidata que não levar acompanhante não realizará a Prova.

 

08.30.   O conjunto das Provas tem um valor de 100 pontos. A constituição das Provas, o número de questões e a valoração das etapas das Provas para os diferentes Níveis, áreas e subáreas, são as seguintes:

 

01. NÍVEL AUXILIAR.

 

01.1.     Auxiliar de Biotério: para a área de Auxiliar de Biotério, a prova terá as seguintes composição e valoração:

 

 

Questões Objetivas

Nº de Questões

Pontos

Total de pontos

Português

05

Nº de acertos X 1,5

Até 7,5

Conhecimentos Gerais/atualidades

10

Nº de acertos X 1,5

Até 15,0

Matemática

05

Nº de acertos X 1,5

Até 7,5

Específicas de Biotério

10

Nº de acertos X 2,0

Até 20,0

Prova Prática

Nota (de 01 a 10) X 5,0

Até 50,0

 

 

01.2.     Auxiliar Administrativo: para a área de Auxiliar Administrativo, as provas terão as seguintes composição e valoração:

 

Questões Objetivas

Nº de Questões

Pontos

Total de Pontos

Português

05

Nº de acertos X 1,5

Até 7,5

Conhecimentos Gerais/atualidades

10

Nº de acertos X 1,5

Até 15,0

Matemática

05

Nº de acertos X 1,5

Até 7,5

Específicas por subárea

10

Nº de acertos X 7,0

Até 70,0

 

 

01.3.     Auxiliar de Laboratório: para a área de Auxiliar de laboratório, as provas terão as seguintes composição e valoração:

 

Questões Objetivas

Nº de Questões

Pontos

Total de Pontos

Português

05

Nº de acertos X 1,5

Até 7,5

Conhecimentos Gerais/atualidades

10

Nº de acertos X 1,5

Até 15,0

Matemática

05

Nº de acertos X 1,5

Até 7,5

Específicas por subárea

10

Nº de acertos X 7,0

Até 70,0

 

01.4.     Auxiliar de Produção: para a área de Auxiliar de Produção, as provas terão as seguintes composição e valoração:

 

Questões Objetivas

Nº de Questões

Pontos

Total de Pontos

Português

05

Nº de acertos X 1,5

Até 7,5

Conhecimentos Gerais/atualidades

10

Nº de acertos X 1,5

Até 15,0

Matemática

05

Nº de acertos X 1,5

Até 7,5

Específicas por subárea

10

Nº de acertos X 7,0

Até 70,0

 

            02. NÍVEL OPERACIONAL.

 

02.1.     Assistente Administrativo: para a área de Assistente Administrativo, as provas terão as seguintes composição e valoração:

 

Questões Objetivas

Questões Discursivas

Nº de Questões

Pontos

Total de Pontos

Português

 

05

Nº de acertos X 1,0

Até 5,0

Conhecimentos Gerais/atualidades

 

10

Nº de acertos X 1,0

Até 10,0

Matemática

 

05

Nº de acertos X 1,0

Até 5,0

Informática

 

10

Nº de acertos X 1,0

Até 10,0

 

Específicas por subárea

05

Nota (de 0,0 a 10) X 7,0

Até 70,0

           

02.2.     Laboratorista: para a área de Laboratorista, as provas terão as seguintes composição e valoração:

 

Questões Objetivas

Questões Discursivas

Nº de Questões

Pontos

Total de Pontos

Português

 

05

Nº de acertos X 1,5

Até 7,5

Conhecimentos Gerais/atualidades

 

10

Nº de acertos X 1,5

Até 15,0

Matemática

 

05

Nº de acertos X 1,5

Até 7,5

 

Específicas por subárea

05

Nota (de 0,0 a 10) X  7,0

Até 70,0

 

02.3.     Operador: para a área de Operador, as provas terão as seguintes composição e valoração:

 

Questões Objetivas

Questões Discursivas

Nº de Questões

Pontos

Total de Pontos

Português

 

05

Nº de acertos X 1,5

Até 7,5

Conhecimentos Gerais/atualidades

 

10

Nº de acertos X 1,5

Até 15,0

Matemática

 

05

Nº de acertos X 1,5

Até 7,5

 

Específicas por subárea

05

Nota (de 0,0 a 10) X  7,0

Até 70,0

           

02.4.     Telefonista: para a área de Telefonista, a prova terá as seguintes composição e valoração:

 

Questões Objetivas

Nº de Questões

Pontos

Total de Pontos

Português

10

Nº de acertos X 2,5

Até 25,0

Conhecimentos Gerais/atualidades

10

Nº de acertos X 2,5

Até 25,0

Matemática

10

Nº de acertos X 2,5

Até 25,0

Informática

10

Nº de acertos X 2,5

Até 25,0

 

02.5.     Motorista: para a área de Motorista, a prova terá as seguintes composição e valoração:

           

Questões Objetivas

Nº de Questões

Pontos

Total de Pontos

Português

05

Nº de acertos X 1,5

Até 7,5

Conhecimentos Gerais/atualidades

10

Nº de acertos X 1,5

Até 15,0

Matemática

05

Nº de acertos X 1,5

Até 7,5

Trânsito e Manutenção de Veículos

20

Nº de acertos X 3,5

Até 70,0

 

 

            03. TÉCNICOS DE NÍVEL MÉDIO.

 

03.1.     Administração: para a área de Administração, a prova terá as seguintes composição e valoração:

 

Questões Objetivas

Nº de Questões

Pontos

Total de Pontos

Português

05

Nº de acertos X 1,5

Até 7,5

Conhecimentos Gerais/atualidades

10

Nº de acertos X 1,5

Até 15,0

Informática

05

Nº de acertos X 1,5

Até 7,5

Questões específicas de administração de RH

20

Nº de acertos X 3,5

Até 70,0

 

03.2.     Análises Clínicas: para a área de Análises Clínicas, as provas terão as seguintes composição e valoração:

 

Questões Objetivas

Questões Discursivas

Nº de Questões

Pontos

Total de Pontos

Português

 

05

Nº de acertos X 1,5

Até 7,5

Conhecimentos Gerais/atualidades

 

10

Nº de acertos X 1,5

Até 15,0

Matemática

 

05

Nº de acertos X 1,5

Até 7,5

 

Específicas por subárea

05

Nota (de 0,0 a 10) X  7,0

Até 70,0

 

03.3.     Contabilidade: para a área de Contabilidade, as provas terão as seguintes composição e valoração:

 

 

Questões Objetivas

Nº de Questões

Pontos

Total de Pontos

Português

05

Nº de acertos X 1,5

Até 7,5

Conhecimentos Gerais/atualidades

10

Nº de acertos X 1,5

Até 15,0

Informática

05

Nº de acertos X 1,5

Até 7,5

Questões específicas de Contabilidade

20

Nº de acertos X 3,5

Até 70,0

 

 

 

 

 

03.4.     Metrologia: para a área de Metrologia, a prova terá as seguintes composição e valoração:

 

Questões Objetivas

Nº de Questões

Pontos

Total de Pontos

Português

05

Nº de acertos X 1,5

Até 7,5

Conhecimentos Gerais/atualidades

10

Nº de acertos X 1,5

Até 15,0

Informática

05

Nº de acertos X 1,5

Até 7,5

Questões específicas de Metrologia

20

Nº de acertos X 3,5

Até 70,0

 

 

03.5.     Informática: para a área de Informática, a prova terá as seguintes composição e valoração:

 

 

Questões Objetivas

Nº de Questões

Pontos

Total de Pontos

Português

10

Nº de acertos X 1,5

Até 15,0

Conhecimentos Gerais/atualidades

10

Nº de acertos X 1,5

Até 15,0

Questões específicas de Informática

20

Nº de acertos X 3,5

Até 70,0

 

 

03.6.     Mecânica: para a área de Mecânica, a prova terá as seguintes composição e valoração:

 

Questões Objetivas

Nº de Questões

Pontos

Total de Pontos

Português

05

Nº de acertos X 1,5

Até 7,5

Conhecimentos Gerais/atualidades

10

Nº de acertos X 1,5

Até 15,0

Informática

05

Nº de acertos X 1,5

Até 7,5

Questões específicas de Mecânica

20

Nº de acertos X 3,5

Até 70,0

 

 

03.7.     Patologia Clínica: para a área de Patologia Clínica, as provas terão as seguintes composição e valoração:

 

Questões Objetivas

Questões Discursivas

Nº de Questões

Pontos

Total de Pontos

Português

 

05

Nº de acertos X 1,5

Até 7,5

Conhecimentos Gerais/atualidades

 

10

Nº de acertos X 1,5

Até 15,0

Matemática

 

05

Nº de acertos X 1,5

Até 7,5

 

Específicas por subárea

05

Nota (de 0,0 a 10) X  7,0

Até 70,0

 

 

03.8.     Química: para a área de Química, as provas terão as seguintes composição e valoração:

 

Questões Objetivas

Questões Discursivas

Nº de Questões

Pontos

Total de Pontos

Português

 

05

Nº de acertos X 1,5

Até 7,5

Conhecimentos Gerais/atualidades

 

10

Nº de acertos X 1,5

Até 15,0

Matemática

 

05

Nº de acertos X 1,5

Até 7,5

 

Específicas por subárea

05

Nota (de 0,0 a 10) X  7,0

Até 70,0

 

 

03.9.     Segurança do Trabalho: para a área de Segurança do Trabalho, as provas terão as seguintes composição e valoração:

 

Questões Objetivas

Questões Discursivas

Nº de Questões

Pontos

Total de Pontos

Português

 

10

Nº acertos X 1,5

15

Conhecimentos Gerais/atualidades

 

10

Nº acertos X 1,5

15

 

Específicas da subárea

05

Nota de (0,0 a 10,0) x 7,0

70

 

            03.10.   Tecnologias sociais: para a área de Tecnologias sociais, as provas terão as seguintes composição e valoração:

           

Questões Objetivas

Questões Discursivas

Nº de Questões

Pontos

Total de Pontos

Português

 

10

Nº acertos X 1,5

15

Conhecimentos Gerais/atualidades

 

10

Nº acertos X 1,5

15

 

Específicas da subárea

05

Nota de (0,0 a 10,0) x 7,0

70

 

04. NÍVEL SUPERIOR.

 

04.1.     Para todas as áreas e respectivas subáreas do Nível Superior as provas terão as seguintes composição e valoração:

 

Questões Objetivas

Questões Discursivas

Nº de Questões

Pontos

Total de Pontos

Português

 

10

Nº acertos X 1,5

15

Conhecimentos Gerais/atualidades

 

10

Nº acertos X 1,5

15

 

Específicas por área/subárea, respectivas à inscrição do candidato.

05

Nota de (0,0 a 10,0) x 7,0

70

 

09. DOS CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS DAS PROVAS.

 

09.1.     Os conteúdos programáticos das Provas, para todas as áreas/subáreas, em todos os Níveis do presente Concurso, estão indicados no ANEXO 01, como parte integrante deste EDITAL.

 

 

10.      DAS QUESTÕES DISCURSIVAS.

 

10.1.          Nas Provas em que forem solicitadas questões discursivas, o candidato deverá considerar os seguintes aspectos.

 

a)       Conteúdo (pertinência, consistência, relevância e clareza de idéias);

 

b)       Estrutura (organização, seqüência lógica de idéias e coerência na argumentação);

 

c)       Forma (correção gramatical e adequação de terminologia);

 

10.2.          As questões discursivas versarão sobre os conhecimentos específicos constantes nos conteúdos programáticos das respectivas áreas/subáreas (ANEXO 01).

 

10.3.          Para a resposta das questões discursivas, o candidato receberá, uma folha de rascunho e uma folha definitiva de resposta.

 

10.4.          As respostas às questões discursivas deverão ser transcritas na folha definitiva de respostas, com caneta esferográfica com tinta preta.

 

10.5.          Tanto as folhas de rascunhos como as folhas definitivas de respostas das questões discursivas deverão ser entregues ao final da Prova, junto com o Cartão-Resposta.

 

10.6.          Não serão oferecidas aos candidatos folhas suplementares de rascunho ou folhas definitivas de respostas.

 

10.7.          As respostas das questões discursivas não poderão exceder o espaço estabelecido de linhas das folhas definitivas de resposta, sob pena de atribuição de nota zero à questão.

 

11.      DOS RECURSOS.

 

11.1.Das questões objetivas das Provas.

 

11.1.1.    Às 18 horas do dia 22 de agosto  de 2005 será divulgado o gabarito oficial provisório das questões objetivas das provas de todas as áreas/subáreas, nos seguintes endereços da Internet: www.cops.uel.br ou  www.tecpar.br.

 

11.1.2.    A partir da divulgação do gabarito provisório das questões objetivas das provas de todas as áreas/subáreas, terá o candidato o prazo de 2 (dois) dias úteis para entrar com recurso, mediante requerimento em formulário específico que estará disponível na Internet nos seguintes endereços: www.cops.uel.br ou  www.tecpar.br.

 

11.1.3.    O Recurso deverá ser protocolado junto ao Protocolo Geral da Universidade Estadual de Londrina, localizado na Rodovia Celso Garcia Cid, Nº 445, CEP 86051-990, Caixa Postal 6050, em Londrina, Paraná, nos seguintes horários: das 8:00 às 12:00 horas e das 14:00 às 17:00 horas ou via SEDEX, no prazo de 48 (quarenta e oito) horas, no endereço acima, desde que postado dentro do prazo de 02 (dois) dias úteis após a divulgação do gabarito das questões objetivas.

 

11.1.4.    Os Recursos interpostos fora de prazo não serão analisados no mérito.

 

11.1.5.    Será admitido recurso relativo ao gabarito, à formulação ou ao conteúdo das questões da prova objetiva, desde que devidamente fundamentado.

 

11.1.6.    A Coordenadoria de Processos Seletivos da UEL não se responsabiliza pelo não recebimento de recursos enviados via SEDEX.

 

11.1.7.    Não serão aceitos recursos que não estiverem redigidos no formulário específico, nem os encaminhados por via postal comum, via fax ou via correio eletrônico, os quais serão sumariamente indeferidos, sem análise do mérito.

 

11.1.8.    Os Recursos serão apreciados por Banca Examinadora, especialmente designada pela Coordenadoria de Processos Seletivos da UEL, que emitirá parecer no prazo de 07(sete) dias, a partir do encerramento do prazo previsto no item 11.1.2. O resultado será comunicado ao requerente nos próprios autos do recurso.

 

11.1.9.    Os pontos relativos às questões objetivas que, porventura, forem anuladas, serão atribuídos a todos os candidatos que fizeram a prova. Se houver alteração de item integrante de prova, por força de impugnações do gabarito oficial provisório, essa alteração será estendida a todos os candidatos, independentemente de terem, ou não, recorrido.

 

11.1.10.       Não serão admitidos recursos relativos ao preenchimento incompleto, equivocado ou incorreto do Cartão-Resposta.

 

11.1.11.       Não será concedida revisão, segunda chamada, vistas ou recontagem de pontos das questões objetivas das provas.

 

11.2.Das questões discursivas das Provas.

 

11.2.1.    Não caberá recurso em relação às questões discursivas.

 

11.3.Da Prova Prática para o cargo de Auxiliar de Biotério.

 

11.3.1.  Não caberá recurso à Prova Prática aplicada aos candidatos ao cargo de Auxiliar de Biotério.

 

 

12.               DOS RESULTADOS E DA CLASSIFICAÇÃO FINAL NO CONCURSO PÚBLICO.

 

12.1.          A Divulgação dos Resultados do Concurso será feita no dia 21 de setembro de 2005, a partir das 18 horas, no seguinte endereço da Internet: www.cops.uel.br e discriminará o desempenho dos candidatos no conjunto das provas, incluindo questões objetivas, discursivas e Prova Prática, conforme estabelecido neste Edital para cada área/subárea.

 

12.2.          A Classificação final dos candidatos aprovados será feita por área/subárea de inscrição e ordenará os candidatos, por nome e RG, de acordo com os valores decrescentes das médias finais.

 

12.3.          A nota final do Concurso Público será obtida através da média ponderada da pontuação obtida pelo candidato, respeitados os pesos percentuais estabelecidos para todas as áreas/subáreas no item 08.31. do presente Edital. 

 

13.               DOS CRITÉRIOS DE DESEMPATE.

 

13.1.Em caso de empate na nota final do Concurso, terá preferência, seqüencialmente, o candidato que:

 

a)             Obtiver a maior pontuação na Prova Prática, no caso de candidato às vagas de Auxiliar de Biotério;

 

b)             Obtiver a maior pontuação nas questões específicas da área/subárea a que concorre, independentemente de serem questões objetivas ou discursivas;

 

c)             Obtiver a maior pontuação nas questões objetivas de Português;

 

d)             Obtiver a maior pontuação nas questões objetivas de Conhecimentos Gerais/atualidades;

 

e)             Possuir maior tempo de serviço público prestado ao Estado do Paraná, na administração direta e indireta;

 

f)               For o mais idoso.

 

 

14.              DA AVALIAÇÃO MÉDICA.

 

14.1.          Todos os candidatos aprovados e classificados, dentro do número limite de vagas existentes, serão convocados por edital próprio do Instituto de Tecnologia do Paraná no site www.tecpar.br, para se submeterem à avaliação médica;

 

14.2.          A avaliação médica será realizada pelo Instituto de Tecnologia do Paraná – TECPAR e abrangerá exames laboratoriais e exames físicos a serem especificados no edital de convocação.

 

14.3.          Para a avaliação médica, o candidato deverá vir munido de documento de identidade, devendo assinar lista de presença.

 

14.4.          Será considerado apto na avaliação médica o candidato que não apresentar quaisquer alterações patológicas que contra-indiquem ao desempenho das funções do cargo para o qual foi aprovado.

 

14.5.          O candidato convocado que, na avaliação médica for considerado inapto por determinado período, terá sua vaga garantida, sem prejuízo para a nomeação dos demais candidatos, até que, dentro do prazo previsto no laudo, submeta-se à nova avaliação médica.

 

 

15.              DOS LOCAIS DE TRABALHO.

 

15.1.         As vagas para os cargos descritos no presente edital, com exceção daquelas indicadas no item 15.2, a seguir, serão para a região Metropolitana do Município de Curitiba, Estado do Paraná.

 

15.2.         As seguintes vagas são destinadas ao Município de Maringá, Estado do Paraná:

 

 

NÍVEL

Referência vaga

Área

Subárea

Técnico de Nível Médio

DTE 039

Mecânica

Inspeção técnica veicular

Técnico de Nível Médio

DTE 146

Química

Química analítica: análises físico-químicas

Nível Superior

DTE 038

Engenharia Mecânica

Inspeção técnica veicular

 

 

16.              DO REGIME E DA JORNADA DE TRABALHO E DA REMUNERAÇÃO INICIAL.

 

16.1.         Os candidatos aprovados serão convocados conforme a ordem de classificação e serão contratados mediante Contrato de Trabalho, regido pela Consolidação das Leis do Trabalho.

 

16.2.         A jornada de trabalho diária para todos os cargos do presente Edital é de 08 (oito) horas, de segunda à sexta-feira, com exceção do cargo de telefonista, cuja jornada diária é de 06 (seis) horas, de segunda à sexta-feira.

 

16.3.         A remuneração inicial para os cargos, nos diferentes níveis, é a que segue:

 

 

 

NÍVEIS

REMUNERAÇÃO INICIAL

Auxiliar

R$    431,61

Operacional

R$    703,07

Técnico de nível médio

R$ 1.262,65

Superior

R$ 2.344,41

 

 

 

17.              DAS DISPOSIÇÕES FINAIS.

 

17.1.         Caberá ao Diretor Presidente do Instituto de Tecnologia do Paraná homologar o resultado final do Concurso Público, dentro de 30 (trinta) dias, contados da publicação da classificação final.

 

17.2.         O prazo de validade do Concurso será de 02 (dois) anos, a partir da data da publicação de sua homologação, podendo ser prorrogado por igual período.

 

17.3.         O candidato aprovado, após cumprir todas as etapas do Concurso, será convocado mediante edital próprio para a apresentação da documentação exigida para contratação, prevista no item 03 e seus subitens, deste Edital.

 

17.4.          O candidato que não atender aos requisitos e não apresentar a documentação comprobatória previstos neste Edital, no ato da contratação, perderá o direito de contratação às vagas ofertadas.

 

17.5.         Os candidatos aprovados e classificados que não forem convocados, em razão de sua classificação, constarão de uma lista de classificação reserva e poderão ser convocados subseqüentemente, desde que haja vacância de cargos, atendido o prazo de validade do concurso estabelecido no item 17.2. deste Edital, e obedecendo, rigorosamente, a ordem de classificação e a área/subárea de aprovação.

 

17.6.         Não haverá segunda chamada para nenhuma prova, fase ou etapa do Concurso, importando a ausência do candidato, por qualquer motivo, inclusive moléstia, acidente ou outro fato, na sua eliminação automática do Concurso.

 

17.7.         As informações sobre o Concurso Público estabelecido por este Edital podem ser obtidas junto à Coordenadoria de Processos Seletivos da UEL, localizada na Rodovia Celso Garcia Cid N° 445, CEP 86051-990, Caixa Postal 6050, em Londrina, Paraná, telefone: (43) 3371-4393, 3371-4240 e 3371-4740 ou via Internet no endereço eletrônico www.cops.uel.br.

 

17.8.         É de inteira responsabilidade do candidato acompanhar a publicação de todos os atos, editais e comunicados referentes a este Concurso Público no Diário Oficial do Estado do Paraná e divulgados na Internet no endereço eletrônico www.cops.uel.br.

 

17.9.         A aprovação no Concurso, com classificação dentro do limite de vagas, não assegura ao candidato o direito de contratação, que dar-se-á segundo interesse e conveniência da administração do Instituto de Tecnologia do Paraná.

 

17.10.     Será excluído do Concurso, por ato do Diretor Presidente do Instituto de Tecnologia do Paraná, o candidato que prestar declarações falsas ou inexatas, em qualquer documento, ou usar de meios ilícitos durante o processo do Concurso.

 

17.11.     Os casos omissos serão resolvidos pelo Coordenador da Coordenadoria de Processos Seletivos da UEL, em conjunto com a Divisão de Gestão de Pessoas da Diretoria Administrativa do Instituto de Tecnologia do Paraná.

 

 

 

 

31/05/2005

 

 

 

Mariano de Matos Macedo

Presidente do Instituto de Tecnologia do Paraná


 

ANEXO 01

 

PARTE INTEGRANTE DO EDITAL 001/2005

 

I. DO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DAS PROVAS OBJETIVAS E DISCURSIVAS DO CONCURSO PÚBLICO PARA AUXILIARES, OPERACIONAIS, TÉCNICOS DE NÍVEL MÉDIO E PARA NÍVEL SUPERIOR.

 

01. NÍVEL AUXILIAR.

 

01.1.  PROGRAMAS DAS DISCIPLINAS GERAIS PARA AUXILIARES DE BIOTÉRIO:

 

a)       Português (Ensino Fundamental - 1ª a 4ª séries): Compreensão e interpretação de textos informativos e narrativos, pontuação, ortografia e acentuação, concordância verbal e nominal, uso de advérbios, tempos e modos verbais.

b)       Conhecimentos Gerais: Noções gerais sobre temas da vida econômica, política e cultural da atualidade no Brasil e no Mundo. O debate sobre as Políticas Públicas para o meio ambiente, saúde, educação e cidadania. Aspectos relevantes das relações sociais entre os Estados e Povos.

c)       Matemática (Ensino Fundamental – 1ª a 4ª séries): Sistema de Numeração Decimal. Números Naturais. Números Racionais Positivos. Operações com Números Naturais e Racionais Positivos. Porcentagem. Identificação de figuras planas e sólidos geométricos. Medidas de: Tempo, Comprimento, Área e Massa. Sistema Monetário. Noções de Estatística: tabelas e gráfico.

 

01.2.  PROGRAMAS DAS DISCIPLINAS GERAIS PARA AS DEMAIS VAGAS DE AUXILIARES, COM EXCEÇÃO DE AUXILIARES DE BIOTÉRIO:

 

a)       Português (Ensino Fundamental): Compreensão e interpretação de textos informativos e narrativos. Uso do vocabulário, sinônimos, homônimos e parônimos. Uso de advérbios, tempos e modos verbais. Ortografia, acentuação e pontuação. Tipos de frase, concordância verbal e nominal.

b)       Conhecimentos Gerais: Noções gerais sobre temas da vida econômica, política e cultural da atualidade no Brasil e no Mundo. O debate sobre as Políticas Públicas para o meio ambiente, saúde, educação e cidadania. Aspectos relevantes das relações sociais entre os Estados e Povos. A produção humana no campo das artes e da literatura.

c)       Matemática (Ensino Fundamental): Operações com números inteiros, fracionários e decimais. Razão e proporção. Matemática Financeira. Medidas de tempo. Equações de primeiro e segundo graus. Conjuntos e noção de funções. Relações trigonométricas no triângulo retângulo. Formas geométricas básicas. Perímetro, área e volume de figuras geométricas. Gráficos e Tabelas.

 

 

01.3.  PROGRAMA DAS DISCIPLINAS ESPECÍFICAS PARA AUXILIARES.

 

Área

Subárea

Referência

vaga

Programas para Provas Específicas

01. Auxiliar de Biotério

01.1. Biotério

DPR 001

a)       Fundamentos de assepsia em plantas laboratoriais, com ênfase em biotérios;

b)       Conhecimento no preparo, lavagem e esterilização de materiais de laboratório;

c)       Conhecimento de normas ISO 9001/2000;

d)       Fundamentos Técnicos e práticos sobre a injeção de líquidos biológicos pela via intra-cerebral em camundongos;

e)       Fundamentos de sexagem precoce de camundongos;

f)        Fundamentos de lavação, esterilização e embalagem de material de laboratório;

g)       Fundamentos de reprodução, desmama e criação de animais de laboratório, com ênfase em camundongos, ratos e cobaios.

02. Auxiliar Administrativo

02.1. Manutenção industrial e laboratorial

DAD 014

a)       Planejamento de equipes de manutenção industrial e laboratorial;

b)       Manutenção corretiva e preventiva;

c)       Avaliação de subcontratados para prestação de serviços segundo ISO 9001/2000;

d)       Avaliação da qualidade dos serviços executados, de manutenção industrial e laboratorial.

02.2. Controle de frota de veículos e serviços gerais.       

DAD 018

a)       Sistema ERP – Módulo Suprimento e Materiais;

b)       Controle de Frota de Veículos;

c)       Noções de Informática – Windows w Microsoft Word;

d)       Noções de controle de serviços administrativos.

03- Auxiliar de Laboratório

03.1. Análises químicas

DTE 004

a)       Procedimentos para lavagem de vidraria para laboratórios de química: vidraria para uso em espectrofotometria; vidraria para uso em ensaios cromatográficos de resíduos de pesticidas; vidraria para uso em ensaios cromatográficos de medicamentos; vidraria para uso em ensaios de fertilizantes;

b)       EPIs necessários para uso em salas de lavagem;

c)       Procedimentos para limpeza de capelas químicas;

d)       Identificação de vidrarias de laboratório

03.2. Análises químicas e microbiológicas

DTE 005

a)       Procedimentos para lavagem de vidraria para laboratórios de química: vidraria para uso em espectrofotometria; vidraria para uso em ensaios cromatográficos de resíduos de pesticidas; vidraria para uso em ensaios cromatográficos de medicamentos; vidraria para uso em ensaios de fertilizantes;

b)       EPIs necessários para uso em salas de lavagem;

c)       Procedimentos para limpeza de capelas químicas;

d)       Identificação de vidrarias de laboratório;

e)       Fundamentos gerais de esterilização por autoclavação;

f)        Preparo de material para uso em microbiologia, cultivo celular e filtração viral.

03.3. Toxicologia

DTE 016

a)       Equipamentos de proteção individual e coletivo utilizados nas atividades de citotoxicidade e endotoxina;

b)       Fundamentos de preparo de materiais do ensaio de endotoxina;

c)       Fundamentos de preparos de materiais do ensaio de citotoxicidade;

d)       Fundamentos de preparo de materiais para ensaios microbiológicos;

e)       Fundamentos gerais de esterilização por autoclavação;

f)        Fundamentos para limpeza de salas limpas;

g)       Lavagem, embalagem e esterilização de vidraria (frascos, pipetas e ponteiras).

04. Auxiliar de Produção

04.1. Produção de vacinas

DPR 002

 

a)       Lavagem e esterilização e embalagens de vidraria destinada à esterilização, tais como: frascos, pipetas e ponteiras;

b)       Operacionalização de equipamentos de laboratório: autoclave, forno Pasteur, osmose reversa, estufas, fluxo laminar;

c)       Noções básicas de biossegurança, embalagem e estocagem de frascos de produto final em câmara fria;

d)       Conhecimento básico de cultivo de células animais;

e)       Conhecimento da norma ISO 9001/2000.

04.2. Fermentação e Cultivo Celular

DPR 003

a)       Noções básicas de biossegurança, embalagem e estocagem de frascos de produto final em câmara fria;

b)       Noções de BPF para produtos biológicos;

c)       Conhecimento do preparo, lavagem, esterilização de material de laboratório;

d)       Fundamentos de assepsia de ambiente e manuseio de material de alto risco biológico;

e)       Fundamentos de fermentação aeróbica em biorretarores de escala industrial;

f)        Conhecimento de normas ISO 9001/2000.

 

 

02.        NÍVEL OPERACIONAL.

 

02.1.  PROGRAMAS DAS DISCIPLINAS GERAIS PARA AS VAGAS DE OPERACIONAIS.

 

a)       Português (Ensino Médio): Compreensão e interpretação de textos informativos, narrativos e argumentativos. Domínio da norma culta do português contemporâneo sob os seguintes aspectos: períodos simples e compostos; adequação vocabular; pontuação; acentuação e ortografia, concordância verbal e nominal; regência verbal e nominal; flexão verbal; emprego e funções de pronomes e conjunções. Questões semânticas: homonímia, paronímia, sinonímia, ambigüidade e paráfrase.

b)       Conhecimentos Gerais: Noções gerais sobre temas da vida econômica, política e cultural da atualidade no Brasil e no Mundo. O debate sobre as Políticas Públicas para o meio ambiente, saúde, educação e cidadania. Aspectos relevantes das relações sociais entre os Estados e Povos. A produção humana no campo das artes e da literatura.

c)       Matemática (Ensino Médio): Razão e proporção. Matemática Financeira. Função do primeiro e segundo graus. Função Exponencial. Logaritmos. Progressões aritméticas e geométricas. Sistemas Lineares. Matrizes e Determinantes. Análise Combinatória. Probabilidade. Relações trigonométricas. Geometria plana e espacial. Perímetro, área e volume de figuras geométricas. Gráficos e Tabelas.

d)       Noções de Informática: Sistema Operacional Windows: Noções fundamentais: Barras de menus; abertura de arquivos; barra de rolagem; criação e utilização de atalhos; acessórios de trabalho do Windows; execução de trabalhos com janelas; organização de ícones; o menu iniciar; criação de atalhos na área de trabalho; criação de pastas no Windows; apagar arquivos ou pastas. Processamento de Texto: seleção e edição de textos; salvamento e abertura de arquivos; criação de novo documento; backup e auto salvamento; formatação de parágrafos; tabulações; bordas e sombreamento; criação e manipulação de tabelas; inserção e configuração de cabeçalhos e rodapés; verificação ortográfica; utilização do dicionário de sinônimos; trabalhos com colunas, molduras e figuras em molduras. Internet: Características gerais, noções de recursos de pesquisa e informação, recursos de navegação, recursos de e-mail.

 

02.2.  PROGRAMA DAS DISCIPLINAS ESPECÍFICAS PARA OPERACIONAIS.

 

Área

Subárea

Referência

Vaga

Programas para provas Específicas

01. Assistente Administrativo

01.1. Recepção de materiais e cadastro em sistema integrado

DAD 001

a)         Conhecimentos administrativos gerais e atendimento ao público;

b)         Conhecimentos sobre: recepção de materiais; emissão de notas fiscais;

c)         Sistema de Gestão Integrado – no módulo de recepção de materiais –ERP;

d)         Noções básicas de informática.

01.2.

Recepção de pessoal

DAD 030

a)       Técnicas de atendimento e encaminhamento do cliente;

b)       Técnicas de Protocolo e distribuição de correspondências e documentos;

c)       Conhecimentos sobre emissão de notas fiscais;

d)       Sistema de Gestão integrado – no módulo de recepção de materiais –ERP;

e)       Manutenção de cadastro de clientes;

f)        Noções básicas de informática.

01.3.

Compras - Cadastro de materiais e de fornecedores em sistema integrado

DAD 002

 

a)         Conhecimentos administrativos gerais e atendimento ao público;

b)         Requisitos da Norma ISO 9001/2000 – Item 7.4;

c)         Cadastro de Fornecedores;

d)         Sistema Empresarial – módulo de compras – ERP;

e)         Informática básica;

f)          Noções básicas de processos licitatórios.

01.4.

Almoxarifado Geral

DAD 004

a)         Conhecimentos administrativos gerais e atendimento ao público;

b)         Requisitos da norma ISO 9001/2000 – Item 7.4.;

c)         Planejamento e controle de estoque; cadastro de fornecedores;

d)         Informática básica.

01.5.

Pagamento

DAD 012

a)       Sistema de Gestão Empresarial – módulo Contas a pagar – ERP;

b)       Planejamento e controle de contas a pagar;

c)       Arquivo de Pagamentos;

d)       Rotinas de atividades administrativas relacionadas ao pagamento de contas.

01.6.

Qualidade

PRE 004

a)       Norma NBR ISO 9001:2000;

b)       Requisitos Gerenciais da Norma NBR ISO/IEC 17025;

c)       Requisitos da RDC 210 aplicáveis a controle de documentos;

d)       Fundamentos de Boas Práticas de Fabricação;

e)       Informática (Word, Excel, Access, Power Point, Internet Explorer, Outlook);

f)        Planejamento e Execução de auditorias internas de sistema da qualidade;

g)       Redação e enquadramento (em relação aos itens das normas acima citadas) de não-conformidades em sistema de garantia da qualidade.

01.7.

Atendimento administrativo

PRE 008

a)       Noções básicas de informática MS-Office X Open Office (tipos de arquivos, extensões, conversão de arquivos), e conceito de software livre;

b)       Conhecimento de atendimento ao público, organização e indexação de documentos.

01.8.

Técnica comercial

DTE 023

a)       Relacionamento interpessoal e atendimento ao público;

b)       Desenvolvimento de atividades de administração geral;

c)       Noções de informática: editor de texto, planilhas e banco de dados, correio eletrônico (mensagens, anexação de arquivos, cópias), estruturação de diretórios, subdiretórios e arquivos;

d)       Requisitos gerais para organismos que operam avaliação e certificação de sistemas da qualidade (ABNT/ISO/IEC GUIA 62);

e)       Elaboração de requisitos técnicos de propostas de certificação: escopos de acreditação, tempo de auditor, acreditação de multisites, conforme DOQ-CGCRE-01, revisão 00/julho 2004 - / INMETRO.

01.9.

Atendimento administrativo e secretaria

DTE 008

a)       Gestão da Informação de escritório de direção;

b)       Correspondência moderna;

c)       Correspondência Empresarial;

d)       Protocolo, Cerimonial – definições e usos;

e)       Planejamento, organização e execução de eventos;

f)        Recepções;

g)       Etiqueta corporativa;

h)       Organização de viagens nacionais e internacionais para terceiros (gerências, direção);

i)         Redação de ofícios.

01.10.

Gestão de Qualidade e Almoxarifado Químico

DTE 003

a)       Conhecimentos da norma ISO 9001/2000 – Itens 4.1 e 4.2 – com ênfase em controle de documentação da qualidade;

b)       Ação preventiva, ação corretiva, auditoria interna do sistema ISO 9001/2000;

c)       Análise Crítica de Contratos segundo a norma ISO 17025;

d)       Noções básicas de Informática MS-Office X Open Office (tipos de arquivos, extensões, conversões de arquivos), e conceitos de software livre;

e)       Almoxarifados químicos: incompatibilidade de produtos químicos;

f)        Preparo de relatórios de ensaios e laudos técnicos (diferença entre laudos e relatórios);

02- Laboratorista

02.1.

Toxicologia

DTE 017

a)       Equipamentos de proteção individual e coletivo utilizados em laboratório toxicológico;

b)       Fundamentos de manejo de animais de laboratório;

c)       Fundamentos de preparo dos ensaios toxicológicos irritação dermal primária e cumulativa;

d)       Fundamentos de preparo dos ensaios toxicológicos irritação ocular;

e)       Fundamento de preparo dos ensaios toxicológicos sensibilização dérmica;

f)        Fundamentos de preparo dos ensaios toxicológicos dose letal mediana oral;

g)       Fundamentos de preparo dos ensaios toxicológicos dose letal mediana dermal;

h)       Fundamentos de preparo de ensaios toxicológicos pirogênio in vivo.

02.2.

Imunobiologia

PRE 003

a)       Seleção, manejo e identificação de animais para ensaios biológicos;

b)       Técnicas para coleta de amostras de imunobiológicos para realização de ensaios biológicos;

c)       Lavagem, preparo e esterilização de materiais utilizados em ensaios biológicos;

d)       Equipamentos de proteção individual e coletiva e requisitos básicos de higiene e assepsia para trabalhos em laboratórios de ensaios biológicos;

e)       Conhecimentos básicos de biossegurança;

f)        Coleta de dados e resultados de ensaios biológicos;

g)       Descarte de amostras, materiais e carcaças de animais utilizados em ensaios biológicos;

h)       Cálculos para preparo de amostras para ensaios biológicos.

02.3.

Águas e efluentes

DTE 011

a)       Cálculos para preparação de soluções envolvendo conceito de % (v/v, m/v);

b)       Equipamentos de proteção individual e coletivo freqüentemente utilizados em laboratório de análises físico-químicas de água e efluentes industriais;

c)       Fundamentos de coleta de amostras de água e efluentes industriais para análises físico-químicas e microbiológicas;

d)       Fundamentos do tratamento de resíduos de laboratório de análises físico-químicas de água e efluentes industriais: soluções ácidas, soluções alcalinas, soluções aquosas contendo metais pesados;

e)       Identificação de equipamentos básicos, vidrarias e materiais de laboratório de análises químicas de águas;

f)        Processos de lavagem e preparação de vidraria de laboratório.

02.4.

Fertilizantes e calcários

DTE 034

a)       Cálculos para preparação de soluções envolvendo conceito de % (v/v, m/v);

b)       Identificação de equipamentos básicos, vidrarias e materiais de laboratório de análises químicas de fertilizantes e de calcários;

c)       Técnicas e cuidados na manipulação de vidrarias e operação de equipamentos: cuidados na realização de extrações ácidas e aquosas a quente, filtração quantitativa, filtração sob vácuo, pesagem em balança analítica (mecânica e eletrônica), pipetagem, operação com micropipetas, aferição em balões volumétricos, operação de buretas, secagem em estufa, calcinação em mufla, manuseio de dessecadores, operação de fotômetro de chama, de potenciômetro, de agitador magnético e de deionizador de água;

d)       Processos de lavagem e preparação de vidrarias de laboratório;

e)       Equipamentos de proteção individual e coletivo freqüentemente utilizados em laboratório de análises de fertilizantes de calcários.

03- Operador

03.1.

Envasamento

DPR 004

a)       Envase de produtos injetáveis e não-injetáveis desenvolvidos em ambiente estéril;

b)       Operação técnica de máquinas de enchimento/recravadora automática e máquina rotuladora;

c)       Filtração esterilizante de produtos biológicos da área veterinária;

d)       Conhecimentos básicos de cultivo de células e infecção viral;

e)       Conhecimentos básicos do processo de purificação de tuberculilna PPD-bovina e aviária e elaboração de tuberculinas para diagnóstico de tuberculose em animais;

f)        Operacionalização de espectrofotômetros, balanças analíticas, centrífugas refrigeradas de alta rotação, e concentradores moleculares;

g)       Fundamentos de assepsia em ambiente laboratorial, para produção de imunobiológicos;

h)       Manutenção preventiva e corretiva de equipamentos laboratoriais, com ênfase em máquinas envasadoras e rotuladoras;

i)         Sistema de controle da qualidade ISO 9001/2000.

03.2.

Produção de fármacos

DPR 015

a)       Fundamentos de Boas Práticas de Fabricação (BPF) para produtos farmacêuticos;

b)       Técnicas de calibração e operação de equipamentos laboratoriais, com ênfase em potenciômetros e condutivímetros;

c)       Obtenção de água pura para injetáveis, segundo critérios da USP XXVI;

d)       Elaboração de soluções desinfetantes e limpeza de áreas biolimpas;

e)       Filtração esterilizante de produtos farmacêuticos;

f)        Preparo de material para uso em laboratório, com ênfase na lavagem, esterilização, acondicionamento e despirogenização de frascos, ampolas, vidraria e soluções líquidas;

g)       Análise de carbono total, pH, condutividade em amostras de água.

04- Telefonista

04.1.

Telefonista

DAD 017

 

a)       Apenas os programas das Disciplinas Gerais do nível operacional (Português, Conhecimentos Gerais/atualidades, Matemática e Informática).

05- Motorista

05.1.

Motorista

DAD 019

a)       Leis de Trânsito;

b)       Conhecimento geral do Estado do Paraná, Cidade de Curitiba e Região Metropolitana;

c)       Pequenas manutenções em veículos;

d)       Direção defensiva.

 

03.        TÉCNICO DE NÍVEL MÉDIO

 

03.1.  PROGRAMAS DAS DISCIPLINAS GERAIS PARA TÉCNICOS DE NÍVEL MÉDIO.

 

a)       Português (Ensino Médio): Compreensão e interpretação de textos informativos, narrativos e argumentativos. Domínio da norma culta do português contemporâneo sob os seguintes aspectos: períodos simples e compostos; adequação vocabular; pontuação; acentuação e ortografia, concordância verbal e nominal; regência verbal e nominal; flexão verbal; emprego e funções de pronomes e conjunções. Questões semânticas: homonímia, paronímia, sinonímia, ambigüidade e paráfrase.

b)       Conhecimentos Gerais: Noções gerais sobre temas da vida econômica, política e cultural da atualidade no Brasil e no Mundo. O debate sobre as Políticas Públicas para o meio ambiente, saúde, educação e cidadania. Aspectos relevantes das relações sociais entre os Estados e Povos. A produção humana no campo das artes e da literatura.

c)       Matemática (Ensino Médio): Razão e proporção. Matemática Financeira. Função do primeiro e segundo graus. Função Exponencial. Logaritmos. Progressões aritméticas e geométricas. Sistemas Lineares. Matrizes e Determinantes. Análise Combinatória. Probabilidade. Relações trigonométricas. Geometria plana e espacial. Perímetro, área e volume de figuras geométricas. Gráficos e Tabelas.

d)       Noções de Informática: Sistema Operacional Windows: Noções fundamentais: Barras de menus; abertura de arquivos; barra de rolagem; criação e utilização de atalhos; acessórios de trabalho do Windows; execução de trabalhos com janelas; organização de ícones; o menu iniciar; criação de atalhos na área de trabalho; criação de pastas no Windows; apagar arquivos ou pastas. Processamento de Texto: seleção e edição de textos; salvamento e abertura de arquivos; criação de novo documento; backup e auto-salvamento; formatação de parágrafos; tabulações; bordas e sombreamento; criação e manipulação de tabelas; inserção e configuração de cabeçalhos e rodapés; verificação ortográfica; utilização do dicionário de sinônimos; trabalhos com colunas, molduras e figuras em molduras. Internet: Características gerais, noções de recursos de pesquisa e informação, recursos de navegação, recursos de e-mail.

 

03.2.  PROGRAMA DAS DISCIPLINAS ESPECÍFICAS PARA TÉCNICOS DE NÍVEL MÉDIO

 

Área

Subárea

Referência

Vaga

Programas para Provas Específicas

01-Administração

01.1.

Administração de Recursos Humanos

DAD 024

 

a)       Legislação trabalhista: férias; 13º salário; salário e remuneração; licença maternidade; rescisão de contrato; horas extras; aposentadoria; contribuição sindical; incidências; adicional de insalubridade e periculosidade;

b)       Sistema ERP – módulo RH.

02- Análises Clínicas

02.1.

Produção microbiológica

DPR 014

a)       Produção em escala industrial de produtos imunobiológicos (Vacinas);

b)       Preparação de meios de cultura e soluções líquidas;

c)       Operacionalização de equipamentos de laboratório (autoclave, potenciômetro, balança analítica, fluxo laminar, estufas, fermentadores);

d)       Fundamentos de microbiologia e virologia geral;

e)       Conhecimento das Boas Práticas de Fabricação (BPF) para produtos farmacêuticos;

f)        Elaboração de produtos estéreis em ambiente controlado – noções de assepsia e controle microbiológico de ambiente.

02.2.

Microbiologia

DTE 020

a)       Equipamentos de proteção individual e coletivo utilizados em laboratório microbiológico;

b)       Conhecimentos de sistema da garantia da qualidade baseado nas normas NBR/ISO 9000/2000;

c)       Fundamentos no preparo de meios de cultura;

d)       Ensaios de controle de esterilização dos materiais;

e)       Ensaios de fertilidade de meios de cultura;

f)        Adequabilidade biológica da água para fins microbiológicos;

g)       Fundamentos básicos em word, excel,Access;

h)       Fundamentos de lavagem de vidraria com verificação de resíduos de detergente alcalino;

i)         Fundamentos do teste de esterilidade da vidraria.

03- Contabilidade

03.1.

Contabilidade

DAD 011

a)       Classificação financeiro-contábil de documentos;

b)       Conciliações de registros financeiro-contábeis;

c)       Apuração de impostos e contribuições;

d)       Preparação de guias de recolhimentos e ou pagamentos de impostos e contribuições;

e)       Alimentação dos sistemas integrados de gestão e SIAF (Sistema de acompanhamento financeiro).

04- Metrologia

04.1.

Metrologia física

DTE 028

a)       Instrumentação elétrica e mecânica básica;

b)       Princípios de calibração em instrumentos mecânicos, elétricos e de temperatura;

c)       Estatística básica;

d)       Princípios de cálculo de incertezas em calibrações;

e)       Instrumentação eletrônica;

f)        Circuitos elétricos;

g)       Eletrônica digital.

05- Informática

05.1.

Suporte Técnico

DAD 029

a)       Hardware;

b)       Componentes de um computador: periféricos; ferramentas adequadas e práticas para sua montagem; configuração de componentes e periféricos diversos;

c)       Sistemas operacionais: instalação e gerenciamento de sistemas operacionais (MS-DOS, Windows NT, 98, 2000, XP, Linux); Aplicativos (Word; Excel, Access. Powerpoint);  atualização e software: utilização de programas e ferramentas de manutenção e de diagnóstico em computadores e periféricos;

d)       Redes e suas relações funcionais: configurações de sistemas de rede; instalação, configuração, manutenção para equipamentos, protocolos e programas de redes de computadores; utilização dos equipamentos de certificação de rede, operação dos serviços de redes de computadores;

e)       Internet, Intranet e Extranet;

f)        Programação (Algoritmos estruturados; linguagem SQL; bancos de dados relacionais; conceitos de análise estruturada e de análise orientada a objetos/UML).

06- Mecânica

06.1.

Inspeção veicular

DTE 039

e

DTE 040

a)       Conhecimentos gerais do curso de técnico mecânico, nível pós-médio;

b)       Sistema de Freios;

c)       Sistema de Direção;

d)       Sistema de Suspensão;

e)       Sistemas de Sinalização;

f)        Sistema de Iluminação;

g)       Pneus e Rodas.

07- Patologia Clínica

07.1

Microbiologia Industrial

DPR 007

a)       Cultivo aeróbico da bactéria Brucella sp em fermentadores, shakers e meio sólido;

b)       Cultivo de micobactérias ( Mycobacterium bovis e Mycobacterium avium) em escala industrial para obtenção de concentrado (matéria-prima para produção de tuberculina para diagnóstico de tuberculose em animais);

c)       Preparação de soluções e meios de cultura e esterilização por filtração e autoclavação;

d)       Cultivo e repique de cepas bacterianas;

e)       Fundamentos de coloração de lâminas para microscopia;

f)        Montagem e operação de fermentadores industriais em ambiente de risco biológico;

g)       Fundamentos de obtenção de água pura para injetáveis de uso farmacêutico;

h)       Operação de balanças analíticas, microscópios óticos, osmose reversa e autoclaves.

07.2.

Imunobiologia

DPR 013

a)       Fundamentos de técnicas de cultura de células animais em monocamada e suspensão para produção de imunobiológicos em escala industrial;

b)       Fundamentos de técnicas de DNA recombinante (PCR) para monitoramento de processos de produção de imunobiológicos;

c)       Fundamentos de operação de biorreatores em processos de fermentação com células animais;

d)       Preparação de meios de cultura em escala industrial;

e)       Técnicas eletroforéticas, com ênfase em proteínas e glicoproteínas;

f)        Fundamentos de assepsia em ambiente laboratorial;

g)       Filtração esterilizante e por membranas e obtenção de água pura para uso em injetáveis.

08- Química

08.1.

Produção Industrial

DPR 016

a)       Fundamentos de operação de fermentadores industriais e filtração tangencial;

b)       Esterilização de linhas de transferência de líquidos assépticos;

c)       Microscopia ótica e liofilização;

d)       Preparação de meios de cultura e soluções;

e)       Conhecimento de trabalho em plantas de produção de fármacos em escala industrial, com ênfase em processos de obtenção de água pura, vapor úmido e ar filtrado;

f)        Boas Práticas de Fabricação (BPF) segundo a RDC 210 da ANVISA.

08.2.

Controle químico em materiais metálicos

DTE 002

a)       Amostragem/abertura/determinação da composição química (C, Si, Mn, P, S, Cu, Cr, Ni e Mo) em Aços (inoxidável, carbono, ligado) e Ferros Fundidos para classificação das ligas;

b)       Tratamento de amostras de materiais metálicos (temperados, cementados, fosfatizados, galvanizados) para determinação da composição química da liga;

c)       Amostragem/determinação do Carbono e Enxofre em aços e ferros fundidos por queima em Analisador de Carbono/Enxofre com detecção no Infra-Vermelho;

d)       Ensaios de controle de qualidade em produtos de aço e ferro fundido revestidos de Zinco por imersão a quente, normas NBR 7397, 7398, 7399 e 7400;

e)       Tratamento/abertura de amostra/curva de trabalho a partir de materiais de referência certificados (padrões de ligas metálicas) para determinação da composição química de ligas metálicas por Espectrofotometria de Absorção Atômica.

08.3.

Análise química por espectrometria de emissão óptica com plasma

DTE 009

a)       Princípio teórico e aplicações práticas da técnica instrumental espectrometria de emissão óptica com plasma de argônio induzido (ICP OES): definição, sistemas de introdução da amostra (tipos de nebulizadores, câmaras de nebulização), tipos de interferências (espectral e não espectral), introdução de amostras gasosas (geração de hidretos e vapor frio);

b)       Métodos de calibração: externa, com padrão interno e adição padrão (ou do analito) em espectrometria de emissão óptica com plasma de argônio induzido (ICP OES);

c)       Emprego do sistema de nebulização ultra-sônica para a determinação de elementos traço por espectrometria de emissão óptica com plasma de argônio induzido (ICP OES);

d)       Processo de validação de metodologia analítica para a determinação de elementos químicos em amostras de alimentos por espectrometria de emissão óptica com plasma de argônio induzido (ICP OES);

e)       Pré-tratamento de amostras para a determinação de elementos químicos por espectrometria de emissão óptica com plasma de argônio induzido (ICP OES).

08.4.

Análise físico-química em águas minerais e efluentes

DTE 010

a)       Princípios teóricos e aplicações práticas das técnicas analíticas: espectrofotometria (UV--Vis), gravimetria, turbidimetria e titrimetria;

b)       Coleta e preservação de amostras de água e efluentes industriais;

c)       Processos de validação de metodologia analítica para a determinação de parâmetros físico-químicos em água e efluentes industriais;

d)       Análises físico-químicas e classificação de águas minerais;

e)       Técnicas de minimização, segregação, tratamento e disposição de resíduos líquidos contendo metais pesados.

08.5.

Análise físico-química em polímeros, materiais médico-hospitalares e pesticidas

DTE 012

a)       Princípios teóricos e aplicações práticas das técnicas analíticas: espectrofotometria (UV-VIS), gravimetria e titrimetria;

b)       Pré-tratamento de amostras (via seca e úmida) para a determinação de elementos químicos por espectrometria atômica com chama (F AAS);

c)       Ferramentas estatísticas e de controle para garantir a confiabilidade metrológica em laboratório de análises físico-químicas de materiais industriais: madeira beneficiada, tubos e conexões de PVC, tintas para brinquedos e/ou artigos odonto-médico hospitalares;

d)       Processo de validação de metodologia analítica para a determinação de parâmetros físico-químicos em materiais industriais: madeira beneficiada, tubos e conexões de PVC, tintas para brinquedos e/ou artigos odonto-médico hospitalares;

e)       Técnicas de minimização, segregação, tratamento e disposição de resíduos líquidos contendo metais pesados.

08.6.

Análise físico-química em Imunobiológicos, e matérias primas de medicamentos e alimentos

DTE 031

a)        ISO 17025 itens 5.4 – (Métodos de Ensaio e Calibração;

b)       Verificação de Metodologia Analítica - Repetitividade, Seletividade, Especificidade;

c)       RDC N° 210 de 04/08/2003 MS / ANVISA . Item 3.2. (Requisitos para Controle de Qualidade) ;13.2. (Matérias Primas) ;16.2. (Ensaios Necessários) e 18.10 (Controle de Qualidade);

d)       Portaria N° 175 de 11/11/1996 MS / ANVISA. Metodologia de Ensaios Químicos necessários para Controle de Qualidade Anatoxina Tetânica Granel Dialisada e Proteína Monomérica Tetânica . Item 4 (Formaldeído Residual) Item 6 (Nitrogênio Proteíco) Item 7 (Determinação de Cloreto de Sódio);

e)       Portaria N° 176 de 11/11/1996 MS / ANVISA Item 2.3 (Determinação de Thimerosal) Item 5 (Determinação da Concentração de Nitrogênio e Proteínas).

08.7.

Controle da qualidade em fertilizantes e calcários

DTE 035

a)       Aspectos práticos dos métodos oficiais de análises de macronutrientes e micronutrientes em fertilizantes estabelecidos na portaria nº 31 de 08/06/82 da Secretaria Nacional de Defesa Agropecuária do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento: 3.1 - nitrogênio total (método Kjeldahl 3.1.a - ácido salicílico e 3.1.b - liga de Raney); 3.2.1 - fósforo total, 3.2.2 - fósforo solúvel em água, 3.2.3 - fósforo solúvel em solução neutra de citrato de amônio mais água e 3.2.4 - fósforo solúvel em solução de ácido cítrico a 2% relação 1:100 (todos gravimetria com “quimociac”); 3.3.b - potássio solúvel em água (fotometria de chama); 3.4.b - cálcio (complexometria com EDTA), 3.5.b - magnésio (complexometria com EDTA); 3.6 - enxofre total (gravimetria com cloreto de bário); 3.7 - boro (titulação potenciométrica, método do manitol); 3.12 - cloro (argentometria, método de Mohr), 3.13.a - molibdênio (colorimetria com tiocianato de sódio);

b)       Aspectos práticos dos métodos oficiais de análises de corretivos estabelecidos na portaria nº 31 de 08/06/82 da Secretaria Nacional de Defesa Agropecuária do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento para atendimento às especificações de corretivos de acidez de solo e classificação de calcários agrícolas conforme seção II do anexo da instrução normativa nº 4 de 2 de agosto de 2004 da Secretaria de Apoio Rural e Cooperativismo do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

08.8.

Química analítica: análises físico-químicas

DTE 046

e

DTE 146

a)       Química geral e inorgânica: cálculos estequiométricos, funções, nomenclatura, classificação periódica, substâncias puras e misturas, estrutura atômica, tipos de reações químicas;

b)       Preparo de soluções e diluições: composição em massa, volume, molaridade, proporções (ppm, ppb, etc.);

c)       Cálculos de concentrações em materiais e amostras (% m/v, % v/v, mg/L, ppm, ppb, etc.);

d)       Titrimetria (ácido-base, argentometria, complexometria, permanganometria, iodometria, redox);

e)       Noções básicas e aplicações de espectrofotometria de UV-VIS;

f)        Noções básicas e aplicações de espectrometria de absorção atômica;

g)       Noções básicas e aplicações de cromatografia (CLAE e CG);

h)       Fundamentos de preparação de amostras em química analítica: amostragem, moagem, extrações adequadas para análises específicas.

09- Segurança do Trabalho

09.1.

Segurança do trabalho

DAD 021

a)       Segurança do trabalho em laboratórios de análises químicas, microbiológicas e biotério;

b)       Conhecimentos sobre: Técnicas de segurança em laboratórios químicos, microbiológicos e biotério; investigação de acidente de trabalho; elaboração de CAT (Comunicação de Acidente de Trabalho);

c)       elaboração de PPP (Perfil Profissiográfico Previdenciário);

d)       elaboração de PPRA (Programa de Prevenção de Riscos Ambientais);

e)       elaboração de PPR (Programa de Proteção Respiratória);

f)        Organização e acompanhamento dos trabalhos da brigada de emergência; EPIs, CIPA.

10- Tecnologias Sociais

10.1.

Tecnologias sociais e segurança

DTE 036

a)       Lei No. 6514 de 22/12/77;

b)       Normas Regulamentadoras aprovadas pela Portaria 3214 de 08/06/78;

c)       Bambu: características e utilizações em construções;

d)       Biossistemas integrados na suinocultura.

 

04.        NÍVEL SUPERIOR

 

04.1. PROGRAMAS DAS DISCIPLINAS GERAIS PARA O NÍVEL SUPERIOR

 

a)       Português (Ensino Médio): Compreensão e interpretação de textos informativos, narrativos e argumentativos. Domínio da norma culta do português contemporâneo sob os seguintes aspectos: períodos simples e compostos; adequação vocabular; pontuação; acentuação e ortografia, concordância verbal e nominal; regência verbal e nominal; flexão verbal; emprego e funções de pronomes e conjunções. Questões semânticas: homonímia, paronímia, sinonímia, ambigüidade e paráfrase.

b)       Conhecimentos Gerais: Noções gerais sobre temas da vida econômica, política e cultural da atualidade no Brasil e no Mundo. O debate sobre as Políticas Públicas para o meio ambiente, saúde, educação e cidadania. Aspectos relevantes das relações sociais entre os Estados e Povos. A produção humana no campo das artes e da literatura.

 

04.2. PROGRAMA DAS DISCIPLINAS ESPECÍFICAS PARA O NÍVEL SUPERIOR

 

Área

Subárea

Referência

Vaga

Programas para Provas Específicas

01- Administração

01.1.

Administração comercial/ gestão SAC

DAD 009

a)       Gestão de Serviço de Atendimento a Clientes;

b)       Tecnologia da informação: Conceitos básicos, sistemas, classificação, terminologia, arquitetura da tecnologia, ambientes operacionais, editores de textos, planilhas eletrônicas; conceitos de Internet e ferramentas comerciais de navegação, de correio eletrônico, de busca e pesquisa;

c)       SIAF: Noções básicas, objetivos, vantagens, atribuições gerais, estrutura, principais documentos, programas de importação e exportação de dados;

d)       CÓDIGO DE DEFESA DO CONSUMIDOR: Lei 8.078 de 11/09/90 Título I, cap. III; Título I, cap. V;

e)       NBR ISO/IEC 17025:2001 itens 4.7; 4.8 e 4.10.;

f)        NBR ISO 9001:2000 item 2.1.

01.2.

Gestão de sistemas de compras

DAD 015

a)       Operacionalização do Sistema de Gestão Empresarial no módulo Compras – ERP;

b)       Sistema de Acompanhamento Financeiro do Estado (SIAF);

c)       Decreto 3.665, de 20 de Novembro de 2000 (R-105) do Ministério da Justiça / Portaria 001/2001 - Departamento de Policia Civil;

d)       Decreto 3.665, de 20 de Novembro de 2000 (R-105) do Ministério da Justiça / Instrução 09/01 - SPFC/5 - Ministério do Exército;

e)       Portaria nº. 1274 de 25 de Agosto de 2003 / Lei nº. 10.357 de 27 de dezembro de 2001 do Ministério da Justiça - Departamento de policia Federal;

f)        Aquisição segundo a NBR ISO 9001/2000 (Item 7.4);

g)       Lei nº. 8.666 (Contratos e Licitações).

01.3.

Gestão de sistemas de suprimentos

DAD 016

a)       Sistema ERP – Módulo Suprimentos e Materiais;

b)       Controle de Frota de Veículos;

c)       Noções de Informática – Windows e Microsoft Word;

d)       Noções de controles de serviços administrativos.

01.4.

Gestão de capacitação e formação de pessoal

DAD 022

a)       Requisito da Norma ISO 9000/2000 – Item 6 (Gestão de Recursos);

b)       Levantamentos de Necessidades de Treinamentos por competência;

c)       Avaliações de Treinamentos segunda Norma ISO 9000/2000;

d)       Noções sobre implantação de Gestão por Competências;

01.5.

Gestão de política de recursos humanos

DAD 023

a)       Legislação Trabalhista:

1.        Férias

2.        13º Salário

3.        Salário e Remuneração

4.        Licença Maternidade

5.        Rescisão de contrato

6.        Horas extras

7.        Aposentadoria

8.        Contribuição Sindical

9.        Incidências

10.     Adicional de insalubridade e periculosidade;

b)       Sistema ERP – módulo RH.

01.6.

Auditagem de sistemas de qualidade

DTE 022

a)       Noções de informática: editor de texto, planilhas e banco de dados, correio eletrônico (mensagens, anexação de arquivos, cópias), estruturação de diretórios, subdiretórios e arquivos;

b)       Diretrizes para auditorias de sistema de gestão da qualidade (NBR ISO 9001:2000);

c)       Requisitos gerais para organismos que operam avaliação e certificação de sistemas da qualidade (ABNT/ISO/IEC GUIA 62);

d)       Elaboração e análise de requisitos técnicos de propostas de certificação: escopos de acreditação, tempo de auditor, acreditação de multisites, conforme DOQ-CGCRE-01, revisão 00/julho 2004 / INMETRO.

01.7.

Técnico de avaliação de conformidade

DTE 024

a)       NBR ISO 9001:2000;

b)       Requisitos gerais para organismos que operam avaliação e certificação de sistemas da qualidade (ABNT ISO IEC 62);

c)       Requisitos gerais para organismos que operam avaliação e certificação de produtos (ABNT ISO IEC 65);

d)       Regulamento Geral e Matriz de Classificação dos Meios de Hospedagem (DELIBERAÇÃO NORMATIVA 429/02-EMBRATUR);

e)       Requisitos gerais para competência de laboratórios de ensaio e calibração (NBR ISO 17025);

f)        Diretrizes para auditorias de sistema de gestão da qualidade e/ou ambiental (NBR ISO 19011);

g)       Regulamento de Avaliação da Conformidade para Cadeia de Custódia para Produtos de Origem Florestal (PORTARIA 093 DE 28/08/03-INMETRO);

h)       Regulamento de avaliação da conformidade para processo de Produção Integrada de Frutas –PIF (PORTARIA 144, DE  31/07/02).

01.8.

Administração financeira

DAD 007

a)       Gestão de Contas a Receber;

b)       Gestão de Contas a Pagar;

c)       Gestão de movimentação financeira;

d)       Controle de Fluxo de Caixa;

e)       Sistema de Gestão Integrado – módulos Financeiros.

01.9.

Análise de processos

DAD 026

a)        Planejamento e organização institucional. Estrutura organizacional. Gestão de processos organizacionais;

b)        Administração de bens e materiais;

c)        Administração de recursos humanos;

d)        Administração Financeira;

e)        Contabilidade Geral: objetivo, finalidade, conceito, objeto e campo de atuação; patrimônio e suas variações; contas (conceito, tipo e plano de contas); escrituração; métodos, diário, razão e livros auxiliares; fatos contábeis; registro de operações mercantis e de serviços; ajustes e levantamento de demonstrativos financeiros Débito e Crédito;

f)         Contabilidade de Custos: conceitos, classificação, custos para avaliação, controle e tomada de decisão;

g)        Contabilidade fiscal. Processo de escrituração: escrituração de operações tributárias (IRPJ, CSLL, COFINS, PASEP, ISS e ICMS) e escrituração de operações previdenciárias (FGTS e INSS; salário-educação). Custos fixos e variáveis;

h)        Orçamento público: conceito, elaboração, campo de ação, tipos de regime orçamentário; despesas e receitas públicas, segundo as categorias econômicas; programas e subprogramas por projetos e atividades;

i)          Tecnologia da informação: conceitos básicos; sistemas; classificação; terminologia; arquitetura da tecnologia; princípios e ambientes; editores de textos; planilhas eletrônicas;

02- Advocacia

02.1.

Advocacia

PRE 007

a)       DIREITO CONSTITUCIONAL: Organização do Estado: União, Estados federados, Municípios, Distrito Federal e Territórios. Poder Legislativo: sistema bicameral (Congresso Nacional. Senado Federal, Câmara dos Deputados); processo legislativo. Poder Executivo: atribuições e responsabilidade do Chefe do Poder Executivo. Poder Judiciário: organização; competência dos juízes e tribunais. Ministério Público. Controle da constitucionalidade. Sistema Tributário Nacional: competências; limitações ao pode de tributar; impostos dos Municípios. Finanças Públicas: orçamento; fiscalização contábil, financeira e orçamentária. Tribunal de Contas da União. Tribunal de Contas do Estado do Paraná. Ordem Econômica e Financeira: política urbana; Sistema Financeiro Nacional.];

b)       DIREITO ADMINISTRATIVO: Administração Pública: conceito e princípios. Serviços públicos: conceito, elementos, princípios e classificação. Restrições do Estado sobre a propriedade privada: tombamento; servidão; desapropriação. Atos administrativos: conceito, atributos, elementos, classificação, atos em espécie, extinção e revogação. Contratos administrativos: conceito, características, rescisão, modalidades, convênio e consórcio. Licitação: conceito, princípios, obrigatoriedade, dispensa, inexigibilidade, modalidades, procedimento, anulação e revogação. Servidores públicos: agentes públicos; cargo, emprego e função; ingresso; acumulação de cargos; estabilidade; afastamentos; direitos e deveres; responsabilidade; uso, abuso e desvio de poder. Improbidade administrativa. Administração indireta: entidades. Bens públicos: bens de domínio público e bens dominicais; alienação; uso de bem público por particular. Lei de Responsabilidade Fiscal. Lei 4320/64. Controle da Administração Pública: administrativo, legislativo, jurisdicional; mandado de segurança; ação popular; ação civil pública. Responsabilidade civil do Estado.

03- Análise de Sistemas

03.1.

Operação de rede

DAD 032

a)       Redes de computadores: conceitos de rede e tunelamento; protocolos de roteamento; equipamentos;

b)       Segurança: 2.1. VPN, Firewall, detecção de intrusão, criptografia; segurança de servidores de aplicação, proxies, estruturação de DMZ; filtros e autenticação de roteadores;

c)       Sistemas operacionais: Windows/NT-2000, LINUX;

d)       Internet, Intranet e Extranet: administração de serviços, DNS, E-mail, POP3, IMAP, logon e de arquivos; Projetos de rede; administração de equipamentos de alta performance;

e)       Integração em redes de dados; Voz sobre Frame Relay (VOFR), Voz sobre IP (VOIP), vídeo conferência em redes; Modelos de autenticação, serviço de diretório, servidores de arquivos, impressão em rede local e serviço de correio eletrônico; Servidores Web e ferramentas correlatas; protocolos TCP/IP, IPX, Netbios. 5.5.; infraestrutura da rede local – topologias, equipamentos (hubs, switches, switche-router), cabeamento estruturado e VLAN.

03.2.

Administração de rede

DAD 028

 

a)       Redes de computadores; Redes ATM, Frame Relay, Ethernet e FastEthernet; Protocolos de roteamento: RIP, OSPF e BGP4.; Equipamentos: switches wan, roteadores e concentradores; Conceitos de rede SNA, tunelamento DLSw sobre IP; Redes LAN: protocolos TCP/IP, IPX, NetBIOS sobre TCP, integração com redes 15 WAN, Gerência de Rede: modelo OSI de Gerência de Rede; SMTP, RMON e MIB s. 1.7 Plataformas de gerência HP Openview e CISCO;

b)       Segurança: VPN; Firewall; Detecção de intrusão; Conceitos de criptografia; Segurança de servidores de aplicação, proxies; Listas de acesso, filtros de roteadores; Estruturação de DMZ; Autenticação de roteadores;

c)       Iinternet, Intranet e Extranet: Administração de serviços; DNS, E-MAIL, POP3, IMAP, logon e de arquivos; Projetos de arquitetura de rede para acesso Internet, administração de equipamentos de alta performance para site Internet; conceitos de NAT;

d)       Integração em redes de dados.: Voz em ambiente de rede de dados; Voz sobre Frame Relay (VOFR); Voz sobre IP (VOIP); Conceitos de vídeo conferência em redes; Sistemas operacionais de rede local - Windows 2000, Unix, Linux, Netware; Modelos de autenticação, serviço de diretório, servidores de arquivos, impressão em rede local, distribuição de software, antivírus, gerenciamento de serviços e ativos de rede local e serviço de correio eletrônico; Servidores web - conhecimento básico em web server e ferramentas correlatas; Protocolos - TCP/IP, IPX, Netbios. Segurança - Firewall pessoal e IDS; Infra-estrutura de rede local - topologias, equipamentos (hubs, switches, switche-router), cabeamento estruturado, VLAN.

03.3.

Desenvolvimento de sistemas

DAD 027

a)       Análise de negócio e requisitos. Planejamento estratégico de sistemas de informações. Análise e diagnóstico das necessidades de informação dos clientes. Especificação de requisitos;

b)       Análise e projetos de sistemas. Análise de pontos por função. Metodologias de desenvolvimento de sistemas. Análise essencial. Análise estruturada.  Análise orientada a objetos, UML. Modelagem de dados. Administração de componentes reusáveis e repositórios. Teste de software. Projeto baseado em componentes. Projeto estruturado. Projeto orientado a objetos;

c)       Bancos de dados. Fundamentos. Datawarehouse. Sistemas gerenciadores de bancos de dados relacionais, Modelagem e normalização de dados. Modelo Entidade Relacionamento;

d)       Áreas conexas. Arquitetura cliente/servidor. Qualidade de software(ISO e CMM).Segurança da informação. Gerência de projetos. Redes de computadores, Windows e Linux;

e)        5 Ferramentas: Oracle, SQL-server, MySQL, Postgres, editor de texto, planilha de cálculo, software de apresentação;

f)         Linguagens: Visual Basic, Delphi, ASP, VB script, C++, XHTML, HTML, Java, Java Script, ASP, PHP e Ferramentas de Apoio ao Processo de Desenvolvimento;

g)        Design gráfico: diagramação, layout, cores, animação, ilustração, Plataforma WEB;

h)       Ferramentas para design gráfico: Dreamweaver, Flash, Photoshop, CorelDRAW;

i)         Web Design: Arquitetura de navegação, Diagramação, Layout, Cores, Ilustração, Animação;

j)         Raciocínio lógico: Estruturas lógicas. Lógica de argumentação. Diagramas lógicos. Álgebra linear.  Probabilidades. Combinações. Arranjos e permutações.

03.4.

Administração de banco de dados

DTE 025

a)       Desenvolvimento de atividades de administração geral;

b)       Noções de Economia;

c)       Tecnologia de Programação;

d)       Sistemas de Banco de Dados;

e)       Análise de Sistemas.

04- Assistência Social

04.1.

Assistência Social

DAD 005

a)       Legislação Previdenciária - convênio INSS (auxílio-doença, acidente do trabalho e aposentadoria);

b)       Montagem de processos, agendamento de perícias, controle de pagamentos (PAB / NPB);

c)       Administração de benefícios (convênio médico / odontológico, psicologia);

d)       Conhecimentos básicos na área de Segurança e Medicina do Trabalho (PPP, PCMSO, PPRA, Periódicos. demissionais, ASO);

e)       Qualidade de Vida.

05-Biologia

05.1.

Produção de antisoros, antígenos específicos e anticorpos

DPR 005

 

a)       Cultivo de Mycobacterium tuberculosis, Mycobacterium bovis e Mycobacterium avium em escala industrial;

b)       Extração de proteínas extracelulares em cultivo de Mycobacterium, purificação de proteínas e elaboração de tuberculina para uso humano e veterinário;

c)       Produção de anti-soros antigenoespecíficos;

d)       Purificação de anticorpos (IgG e IgM);

e)       Produção de anticorpos monoclonais em escala industrial;

f)        Produção de conjugados para utilização em provas diagnósticas;

g)       Desenvolvimento, padronização e produção em escala industrial de kits para diagnóstico (imunodifusão, ELISA, imunofluorescência e soroneutralização);

h)       Conhecimento de Boas Práticas de Fabricação (BPF).

05.2.

Microbiologia e toxicologia

DTE 018

a)       Equipamentos de proteção individual e coletivo utilizados em laboratório microbiológico e toxicológico;

b)       Conhecimentos de sistema de garantia da qualidade baseado nas normas NBR/ISO IEC 17025/2001;

c)       Fundamentos dos ensaios de esterilidade, testes microbiológicos de alimentos, água, cosméticos, descartáveis;

d)       Fundamentos dos ensaios toxicológicos irritação dermal primária e cumulativa, irritação ocular, sensibilização dérmica, pirogênio em vivo;

e)       Fundamentos da identificação e contagem de algas – fitoplancton de água doce.

f)        Fundamentos e identificação de fungos filamentosos.

05.3.

Biologia celular e ultraestrutura

DPR 025

a)       A célula: estrutura e funções específicas (metabolismo, sinalização, ciclo reprodutivo, apoptose);

b)       Fundamentos de cultivo celular em monocamada e em estrutura tridimensional;

c)       Cultivo celular com avaliação morfológica: ênfase em gel com corante vital, dye exclusion, avaliação com células aderidas em lamínulas ficadas e coradas para microscopia de luz; preparo de células para fluorescência, citoquímica, imunocitoquímica, microscopia eletrônica de varredura e de transmissão;

d)       Cultivo celular com avaliação toxicológica: ênfase em conhecimentos de técnicas de cultivo celular para produtos médico-hospitalares e cosméticos. Conhecimentos sobre harmonização de métodos alternativos segundo FRAME – Fund for Replacement of Animal Medical Experiments, ECVAM –Centro Europeu de Validação dos Cosméticos Alternativos específicos para o manual de segurança de produtos cosméticos, lançado pela ANVISA;

e)       Preparo de soluções e meios de cultura para células, com controle da qualidade;

f)        Limpeza de ambientes e de critérios de montagem de áreas e de equipamentos para trabalho em locais de alto risco no trabalho de material biológico.

05.4. Controle biológico de biotérios

DPR 026

a)       Reprodução de camundongos, ratos e cobaios com qualidade assegurada, para utilização em testes biológicos e produção de imunobiológicos;

b)       Controle da qualidade de camundongos neonatos, sexagem e manuseio em ambiente assepticamente controlado;

c)       Principais doenças bacterianas e virais que acometem a criação de camundongos em biotérios;

d)       Ética na utilização de animais de laboratórios para experimentação em testes biológicos e produção de imunobiológicos;

e)       Controle sanitário na produção de animais de laboratório e projeção de barreiras sanitárias em plantas de biotério;

f)        Equipamentos de proteção e técnicas de segurança no manuseio de produtos químicos em ambiente de biotério;

g)       Macro e microambientes em biotérios.

06- Medicina Veterinária

06.1. Produção de vacinas para uso veterinário

DPR 011

a)       Conhecimento da legislação pertinente ao registro de produtos biológicos junto aos organismos fiscalizadores do Brasil (ANVISA e Ministério da Agricultura);

b)       Conhecimento da legislação de responsabilidade técnica e registro de produtos biológicos junto ao Ministério da Agricultura;

c)       Sistema de garantia da qualidade, com ênfase na norma ISO 9001/2000;

d)       Processos de Fermentação aeróbica e anaeróbica para o desenvolvimento de produtos biológicos;

e)       Conhecimento de Boas Práticas de Fabricação (BPF) RDC 210 (ANVISA);

f)        Técnicas de DNA recombinante (PCR) para monitoramento de processos de produção de vacinas;

g)       Processos de produção em escala industrial de vacinas.

06.2.

Produção de antígenos para uso veterinário

DPR 006

a)       Cultivo celular primário para obtenção de linhagem para posterior infecção viral, com ênfase na obtenção de matéria-prima para produção de antígenos virais para diagnóstico;

b)       Isolamento de vírus, com caracterização de efeitos citotóxicos provocados por vírus em células animais. Soroneutralização para titulação viral e anticorpos;

c)       Cultivo de vírus da leucose enzoótica bovina, purificação e elaboração de antígeno para diagnóstico da leucose enzoótica bovina;

d)       Desenvolvimento, padronização e produção em escala industrial de kits para diagnóstico (imunodifusão em gel de agar, ELISA, imunofluorescência e soroneutralização;

e)       Produção industrial de anticorpos monoclonais e conjugados para utilização em provas diagnósticas;

f)        Conhecimento sobre a legislação de registro de produtos e responsabilidade técnica para o Ministério da Agricultura.

07- Enfermagem

07.1.

Enfermagem

DAD 020

a)          NR - Normas Regulamentadoras:

- NR-4;

- NR-5;

- NR-7;

b)          Legislação:

- Código de Ética da Enfermagem;

- Legislação Trabalhista: afastamento e auxílio doença;

- PPRA, PCMSO, PPP e PPR;

c)          Profilaxia pré-exposição

- Interpretação de resultado de exame, saber valores normais conforme IBMP;

- Esquema vacinal e/ou profilaxia pré-exposição de brucelose, tuberculose, raiva e tétano;

- Inoculação e leitura da prova de Matoux;

d)          Atividades relacionadas à profissão:

- Técnicas e procedimentos relacionados à Enfermagem;

- Atendimento de emergência em acidente de trabalho conforme o agente causal relacionado: Produtos químicos (ácidos fracos e fortes, fenóis, solventes, metanol, álcoois); Agentes Físicos (exposição a calor e frio); Agentes Biológico (exposição a vírus rábico, anatoxina tetânica, cocobacilo da tuberculose e cocobacilo da brucelose); Outros agentes que causam acidente tipo, entorse, luxação, fratura, cortes.

08- Engenharia de Computação

08.1.

Pesquisa e desenvolvimento em inteligência artificial

DTE 041

a)       Estruturas de dados e paradigmas de programação;

b)       Projeto e análise de algoritmos;

c)       Programação orientada a objetos - linguagem C++;

d)       Programação funcional – linguagem Common LISP;

e)       Engenharia de software: Modelos de processos de desenvolvimento de software; Planejamento e gerenciamento de projeto de software; Arquitetura, requisitos e especificação de software;

f)        Inteligência Artificial – conceitos básicos: Modelagem e representação do conhecimento; Formas de representação do conhecimento; Construção de bases de conhecimento e motores de inferência; Sistemas baseados no conhecimento e sistemas especialistas; Sistemas de raciocínio baseado em casos (CBR); Ontologias: construção e aplicações; Inteligência Artificial Distribuída e Sistemas Multi-agente: conceitos básicos; Redes neurais artificiais: arquiteturas, topologias, técnicas de construção.

09- Engenharia Civil

09.1.

Engenharia de manutenção

DAD 013

a)       Conhecimento de Materiais de Construção e práticas de construções;

b)       Gerenciamento de Projetos;

c)       Conhecimentos sobre implantação de indústrias;

d)       Gestão da qualidade em construções;

e)       Orçamentos de obras prediais.

10- Engenharia Elétrica

10.1.

Acompanhamento de projetos de engenharia, projetos e obras

DAD 006

a)       Introdução ás instalações elétricas de luz e força em baixa tenção;

b)       Conceitos básicos necessários aos projetos e à execução das instalações elétricas;

c)       Projetos das instalações elétricas;

d)       Proteção, seccionamento e comando dos circuitos da nbr-5410;

e)       Luminotécnica;

f)        Instalações para força motriz;

g)       Circuitos de sinalização;

h)       Instalações de pára-raios prediais;

i)         Melhoramento de fator de potência e instalações de capacitores.

10.2.

Metrologia e gestão de laboratório de calibrações elétricas

DTE 026

a)       Conhecimentos Gerais em metrologia: Sistema internacional de unidades, Erros em medições, Rastreabilidade metrológica, Análise de certificados de calibração, Fundamentos teóricos dos componentes dos resultados de medições; exatidão, repetitividade, reprodutibilidade, desvio padrão, incerteza de medição, erros e correção;

b)       Padrões para calibrações de grandezas elétricas, temperatura e tempo e freqüência;

c)       Métodos de medição de grandezas elétricas, temperatura e tempo e freqüência;

d)       Calibração de instrumentos analógicos e digitais na área de eletricidade de acordo com norma INMETRO NIT-DICLA-004;

e)       Calibração de sensores de temperatura de acordo com a norma ABNT NBR 14610;

f)        Aplicação da variância de Allan em calibrações de tempo e freqüência;

g)       Norma NBR ISO/IEC 17025 (Jan 2001) – Requisitos gerais para competência de laboratórios de ensaio e calibração;

h)       Avaliação de incertezas de medição segundo os documentos: Guia para a Expressão da Incerteza de Medição e Expressão da Incerteza de Medição na Calibração - Versão Brasileira do Documento de Referência EA-4/02.

10.3.

Metrologia elétrica

DTE 027

a)       Conhecimentos Gerais em metrologia: Operação de planilhas eletrônicas e editores de texto; Sistema internacional de unidades; Erros em medições, Rastreabilidade metrológica, Análise de certificados de calibração; Fundamentos teóricos dos componentes dos resultados de medições; exatidão, repetitividade, reprodutibilidade, desvio padrão, incerteza de medição, erros e correção;

b)       Instrumentação eletrônica;

c)       Circuitos elétricos;

d)       Eletrônica digital;

e)       Padrões para calibrações de grandezas elétricas, temperatura e tempo e freqüência;

f)        Métodos de medição de grandezas elétricas, temperatura e tempo e freqüência;

g)       Fundamentos teóricos dos componentes dos resultados de medições; exatidão, repetitividade, reprodutibilidade, desvio padrão, incerteza de medição, erros e correção.